Publicidade

televisão

Filho de Agostinho e Bebel será adolescente em nova temporada de "A Grande Família"

05/04/2012 - 09h30

Publicidade

LUIZA SOUTO
DO RIO

"A Grande Família" (Globo) volta à grade de programação nesta quinta-feira (5) com filho adolescente de Bebel (Guta Stresser) e Agostinho (Pedro Cardoso) e novas participações.

No primeiro episódio, Lineu (Marco Nanini) entrará em coma, mas não sofrerá nenhuma sequela física. Quando volta a si, a mulher está trabalhando, o filho caçula virou ator, a mais velha é uma perua turbinada e com lentes azuis e o genro é um empresário em ascensão.

De personagens novos, "A Grande Família" terá participações especiais de Katiúscia Canoro, 33, na pele de Kely, dona de uma grife e amiga de Nenê (Marieta Severo). O filho de Bebel e Agostinho será interpretado por Vinícius Moreno, 13.

Morador da Baixada Fluninense, Vinícius revelou, com precisão, a idade em que resolveu ser ator. "Decidi com dois anos e meio."

Com um jeito bem carioca de ser, meio malandrinho, o menino afirmou que deseja trilhae o caminho da comédia, mas que tem um defeito.

"Sempre fiz coisa engraçada, mas nunca sou engraçado", lamentou Vinícius, que foi muito bem elogiado por toda a equipe de "A Grande Família".

Esse será o primeiro grande papel de Vinícius na casa. Antes, ele havia feito uma pequena participação na minissérie "JK" e uma ponta no filme "Uma Professora Muito Maluquinha".

Estevam Avellar/Divulgação/TV Globo
Florianinho (Vinicius Moreno)
Florianinho (Vinicius Moreno)

Final

Para Bernardo Guilherme, um dos autores, se continuar nesse ritmo "A Grande Família" está bem longe de chegar ao fim.

"Acho que não vai acabar nunca", opinou.

"A gente tem um compromisso que não é só entre a gente, mas com o espectador que se dedica. Então você não pode melar tudo", afirmou Marco Nanini, 63, durante coletiva de apresentação da nova temporada, no Rio.

Depois de tantos anos no ar na pele do patriarca da família Silva, o ator se diz satisfeito com o resultado da série.

"Se eu não fizer um pai ou um avô aqui farei em outra história e eu gosto dessa aqui. O lado chato é só ficar conhecido como Lineu, mas não tenho essa ansiedade de fazer novela. Fiquei 11 anos em cartaz com 'Irma Vap' e eu e o Ney [Latorraca] só paramos quando não deu mais prazer. Aqui, por enquanto, tá dando prazer", revelou.

Marieta Severo, 65, compartilha do mesmo pensamento do companheiro de elenco e disse que não se imagina em outro lugar.

"Se tivessem me convidado para fazer uma série de 12 anos eu diria 'não, obrigada'. Mas agora não me imagino em outro lugar", afirmou. "O tempo todo falam que é o melhor programa na TV brasileira. Desculpem a pouca modéstia, mas é o que chega a mim. Então estou muito feliz", continuou.

  • Últimas notícias 
  •  

gostou? leia também

  •  

Publicidade

resumo das novelas

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha