[an error occurred while processing this directive]
Televisão

"Pânico" faturava o dobro do "CQC", diz levantamento

O "Pânico" arrecadava comercialmente na RedeTV! o dobro do que o "CQC" consegue na Band.

Segundo levantamento da Controle da Concorrência, que monitora inserções comerciais para o mercado, o "Pânico na TV!" chegava a arrebatar cerca de R$ 4 milhões por edição (valor de tabela, sem descontos).

Pelo mesmo estudo e nas mesmas condições, a atração de Marcelo Tas fatura cerca de R$ 2 milhões por semana.

A pesquisa foi realizada durante cinco semanas em 2011, lembrando que o "Pânico" era exibido em dia e horário mais valiosos na TV.

A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha desta quarta-feira (29).

A íntegra da coluna está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha.

Crédito: Divulgação Rede TV! O apresentador Emílio Surita, do "Pânico na TV"
O apresentador Emílio Surita, do "Pânico na TV", que faturava na RedeTV! o dobro do que o "CQC" ganha na Band

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias