Humanos

Mulher tem cabelo "black power" revistado em aeroporto dos EUA

A americana Isis Brantley, 53, ficou indignada ao ter seu cabelo afro revistado em um aeroporto na cidade de Atlanta, nos Estados Unidos.

Isis disse à emissora de televisão NBC que foi parada por agentes para que verificassem se não ela não estaria escondendo armas no cabelo.

Após a recusa, a mulher, que é cabeleireira, afirmou que um dos agentes disse que ela perderia o voo se não permitisse a revista.

"Foi humilhante", afirmou Isis após o incidente.

O penteado é uma marca registrada da cabeleireira, que não corta o cabelo desde os 12 anos de idade.

A equipe de segurança do aeroporto afirmou que a passageira deixou o posto antes do processo de triagem ser finalizado e que recusou ser revistada em uma área reservada.

Crédito: Reprodução Cabeleireira americana teve seu cabelo revistado em aeroporto
Cabeleireira americana teve seu cabelo revistado em aeroporto

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias