Humanos

Pesquisa indica as 10 piores profissões do Brasil; ser motorista lidera ranking

Uma pesquisa realizada pelo site de busca de empregos Adzuna.com resultou em uma lista dos dez melhores e piores empregos no Brasil.

O estudo, baseado nas vagas anunciadas no site, analisou mais de 2.000 profissões. Cada uma delas recebeu uma pontuação a partir de diferentes critérios, incluindo potencial financeiro, ambiente de trabalho, competitividade e demanda de mercado.

Os motoristas de ônibus e entregadores encabeçam o ranking dos piores trabalhos, que ainda inclui jornalismo e ser policial.

Segundo o site, esses profissionais lidam com prazos apertados, baixo potencial de aumento de salário, e uma longa e cansativa jornada de trabalho.

Crédito: Apu Gomes - 9.ago.13/Folhapress Segundo pesquisa, motoristam encaram baixo potencial de aumento de salário, e uma longa e cansativa jornada de trabalho
Segundo pesquisa, motoristam encaram baixo potencial de aumento de salário, e uma longa e cansativa jornada de trabalho

Já os engenheiros e profissionais de TI estão no topo da lista das melhores profissões, seguidos por cirurgiões e advogados.

Os motivos são a segurança no trabalho, maiores faixas salariais, podendo ultrapassar R$ 60 mil por ano, e bom desenvolvimento de carreira --segundo o site, a remuneração pode chegar a até oito vezes mais que o salário inicial.

PROFISSIONAIS COM AS MELHORES ATIVIDADES

Atividade profissional Média salarial anual Pontuação
Engenheiros R$ 60 mil 41
Profissionais de TI R$ 40 mil 41
Cirurgiões R$ 50 mil 40
Advogados R$ 30 mil 39
Veterinários R$ 20 mil 34
Profissionais administrativos R$ 30 mil 33
Atuários R$ 30 mil 32
Fisioterapeutas R$ 25 mil 31
Arquitetos R$ 58 mil 27
Dentistas R$ 40 mil 26

PROFISSIONAIS COM AS PIORES ATIVIDADES

Atividade profissional Média salarial anual Pontuação
Motoristas de ônibus R$ 20 mil -36
Entregadores R$ 12 mil -28
Assistentes de cozinha R$ 14 mil -28
Jornalistas R$ 20 mil -27
Policiais R$ 30 mil -26
Vendedores R$ 25 mil -23
Empregadas domésticas R$ 15 mil -23
Garçons R$ 14 mil -20
Assistentes sociais R$ 26 mil -20
Seguranças R$ 23 mil -8

A pesquisa também indicou quais são as profissões mais e menos promissoras. De acordo com o estudo, profissionais de TI e engenharia têm as melhores previsões graças aos desenvolvimento do mercado brasileiro. Nessas categorias, os desenvolvedores de web lideram esse ranking.

Já na lista de carreiras menos promissoras, recepcionistas e bibliotecários de destacam.

OS PROFISSIONAIS MAIS E MENOS PROMISSORES

Mais promissores Menos promissores
Desenvolvedores web Recepcionistas
Cirurgiões Vendedores de porta em porta
Analistas de finanças Garçons
Engenheiros mecânicos Entregadores
Funcionários dos setores de petróleo e gás Empregadas domésticas
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias