Humanos

Turista desastrado quebra escultura de mais de 600 anos em museu de Florença

Um turista americano quebrou sem querer o dedo de uma escultura que representava a Virgem Maria em exposição no Museu da Catedral de Florença, informa nesta terça-feira (6) o jornal "Corrieri Fiorentino".

A obra, uma Anunciação, faz parte de um grupo escultórico em mármore de Giovanni d'Ambrogio, importante escultor florentino do fim do século 14 e início do 15.

Um guarda do museu viu quando um turista se aproximou das esculturas e fez um gesto como quem media as mãos de Nossa Senhora. Ele tentou impedir o contato, mas já era tarde demais.

O dedo quebrado é o mínimo da mão direita da escultura, que rachou com o movimento do visitante. Imediatamente os restauradores do museu chegaram ao local e em algumas horas realizaram o trabalho de restauro.

A rápida reação do vigia impediu que o dedo caísse no chão e os diretores do museu explicaram que "os dedos desse grupo de esculturas são a parte mais frágil desde que foram esculpidas".

"Em um mundo globalizado como o nosso, parece que as pessoas esqueceram de uma regra fundamental para visitar museus: não toque nas obras!", afirmou Timothy Verdon, diretor do museu.

Crédito: Maurizio Degl' Innocenti/Efe Detalhe da escultura que foi danificada no Museu da Catedral de Florença por um turista americano
Detalhe da escultura que foi danificada no Museu da Catedral de Florença por um turista americano

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias