Humanos

Fotos mostram antigo vilarejo de diamantes 'inundado' por deserto

Selo BBC Brasil

Cenas de casas abandonadas e "inundadas" pela areia no deserto da Namíbia inspiraram o trabalho do fotógrafo espanhol Álvaro Sánchez-Montañés.

Ele contou à BBC Brasil que se interessou pela aldeia de Kolmanskop após ler sobre o local - que já foi um vilarejo dedicado à mineração de diamantes, mas que, hoje, mais se parece com uma cidade-fantasma.

"A maioria dessas casas pertencia às pessoas mais ricas da aldeia, como engenheiros, advogados e médicos", explicou o fotógrafo. "Imagino que os trabalhadores mais pobres não tivessem residências de tanta qualidade, que resistissem ao tempo e ao deserto."

Os moradores, segundo Sánchez-Montañés, fugiram após a Primeira Guerra Mundial, quando as minas de diamante deixaram de pertencer à Alemanha.

"Os britânicos, seus novos donos, encontraram reservas melhores perto de Johanesburgo (África do Sul), então, abandonaram a exploração do local."


Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias