Você viu?

Francês é expulso de aeronave por causa de mau cheiro corporal

Um homem francês de 27 anos está processando a American Airlines.

Identificado apenas pelo primeiro nome, Mehdi, ele contou ao jornal francês "F de Souche" que foi expulso de uma aeronave pouco antes de ela decolar, no último domingo (24).

O avião partiu do aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, com destino a Dallas, no Texas. Era a primeira viagem de Mehdi aos Estados Unidos.

O jovem, que é de origem argelina, está acusando a companhia de discriminação racial.

Procurada pela publicação, a companhia aérea citou apenas um "problema de visto" e recusou-se a "comentar questões individuais de seus passageiros".

O governo francês está investigando se houve discriminação. Segundo fontes ouvidas pela publicação, o homem não estava alcoolizado nem malvestido.

Mehdi conta que estava sentado no avião e levantou para ir ao banheiro, quando um tripulante o pediu para deixar a aeronave, dizendo que ele cheirava mal.

"A tripulação e os passageiros se queixaram sobre o seu cheiro", teria dito o funcionário em um vídeo gravado por Mehdi.

Em seguida, vários funcionários tentaram convencê-lo a sair do avião.

"Você está em uma empresa americana, é um território americano, o comandante tem o direito de recusar sua presença", diz um tripulante no vídeo, depois de aconselhar Mehdi tomar um banho.

Mehdi se defendeu dizendo que não estava cheirando mal e que inclusive havia passado um perfume Dior no Duty Free.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias