Tony Goes

Atrito com Marília Gabriela revela os limites da subcelebridade

Uma pequena polêmica eclodiu na internet no começo desta semana. De um lado, uma das jornalistas mais respeitadas do Brasil. Do outro, uma "webcelebridade" que se acha mais importante do que realmente é.

Muitos internautas tomaram o partido de uma ou de outra, e o embate terminou fazendo uma vítima: o perfil de Marília Gabriela no Instagram já não existe mais.

Tudo começou quando Romagaga Guidini (vulgo "A Sincera") resolveu que merecia ser entrevistada por Gabi. Roma quem? Pois é: fora de um determinado segmento, pouca gente já ouviu falar deste personagem.

Inspirado em Lady Gaga e personificado pelo transformista potiguar Romário Lima, há mais de um ano que Romagaga vem "causando" nas redes sociais.

Seu canal no Youtube já conta com mais de 200 vídeos, nos quais ela aparece cantando versões toscas de sucessos do momento ou popularizando expressões como "lacrou o cu das inimigas". Sua página no Facebook tem mais de 52 mil curtidas. E seus shows em casas noturnas costumam atrair muito público.

Mas Romagaga queria mais. Atiçada por seus seguidores (a quem ela chama de "lacrafãs"), achou que estava na hora de um voo mais alto. E conclamou-os: "Me ajudem meus fãs, preciso que gaby veja isso, e realize meu sonho, entrem no Instagram dela @mariliagabrielaoriginal e postem a tag #GabyChamaRomagaga (sic)".

Crédito: Reprodução/Instagram/romagagaguidini A 'webcelebridade' RomaGaga
A 'webcelebridade' RomaGaga

Foi o bastante para Marília Gabriela sofrer um autêntico "bullying" virtual. Irritada com o assédio, a apresentadora respondeu: "@romagagaguidini por favor, não faça mais isso, não peça para invadirem o meu Instagram pedindo entrevista com você. Não funciono sob pressão. Mande como todo mundo seu material para a produção do meu programa e se acharmos que vale a pena, convidamos você a dar uma entrevista, ok? Odiei o que fizeram hoje aqui!".

Romagaga acusou o golpe. Divulgou um vídeo onde aparece chorando. Disse que nunca pediu para ninguém invadir nada (só entrar...). Pediu desculpas pelo transtorno, mas se fez de magoada por causa do verbo "odiar". E ordenou que seus "lacrafãs" suspendessem imediatamente a campanha. Mas não foi obedecida: Gabi passou a ser atacada pelos mais furiosos. Tanto que precisou apagar sua conta no Instagram.

Este episódio bizarro é sintomático dos dias de hoje. A fama instantânea parece estar ao alcance de qualquer um que possua um celular com câmera e acesso à internet. Às vezes o sucesso é tão rápido que a pessoa perde a noção da realidade.

Foi o que aconteceu com Romagaga. Imersa na cultura da "hashtag" e da gratificação imediata, ela pensou que uma avalanche de pedidos comoveria uma profissional com a experiência e o gabarito de Marília Gabriela. Não deu certo, é claro: não é assim que as coisas funcionam na vida real.

Mas ela ainda saiu no lucro. Graças a esta confusão toda, Romagaga está muito mais conhecida do que há apenas uma semana. Não duvido que agora seja convidada para outros programas de TV (mas não de jornalismo sério).

Final feliz? Em termos. Marília Gabriela ainda deve estar "lacrada".

Tony Goes

Tony Goes tem 56 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.blogspot.com

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem