Ricardo Feltrin

Após 7 anos e R$ 3 bi, TV Brasil marca 'zero' no ibope

Famoso "cabidão" de empregos —especialmente do governo federal—, a TV Brasil continua sendo um fiasco de público e ibope, sete anos após sua inauguração. Isso mesmo com um orçamento imenso, estimado em mais de meio bilhão de reais anuais. Ou seja, de duas a três vezes acima do orçamento da TV Cultura.

Mesmo com maior alcance, a TV Brasil tem um índice de audiência 26% menor que a estatal paulista. Desde sua fundação, em 2007, a estimativa do mercado é que o governo já tenha gasto uns R$ 3 bilhões na TV Brasil. Ou mais.

NÚMEROS

Somando as médias de audiência de julho de 2014, tanto de quem tem TV paga como quem só tem TV aberta no país (ou seja, uma estatística mais completa), o canal mantido pela Empresa Brasileira de Comunicação tem apenas 0,37 ponto de ibope, contra 0,50 da Cultura...

OU SEJA...

...se fôssemos usar os métodos habituais de arredondamento, a TV Brasil poderia ser rebaixada ao traço de audiência. Apesar de ser um canal aberto, está em 9º lugar, empatada com o canal pago Disney Channel. A Cultura está um posto acima.

NOVES FORA

Estão excluídos dessa estatística apenas aqueles canais tipo "megaplus premium golden extra platinum very expensive and unnecessary for your family, dude!", como os pornôs (eba!!), os Combates da vida (argh!!), os Premiere Futebol (livrai-me, ó Pai!!) etc. etc. e tal

CURIOSO...

...é que boa parte dos programas com mais (sic) audiência na TV Brasil são ou programas gerados pela Cultura, como o "Viola, Minha Viola", "Cocoricó na Cidade" e "Provocações", ou então produções estrangeiras (de altíssima qualidade) como a animação suíça "Pingu" (o pinguinzinho de massinha que faz knuck! knuck!) e a lendária "Vila Sésamo".

MAAAAAS...

Se tirarmos da estatística a TV aberta e avaliarmos apenas quem assiste à TV paga, a situação da TV Brasil fica pior. Tem 42% menos ibope que a "rival" paulista. Está em 23º lugar, atrás de canais como Space, Telecine Action, Telecine Pipoca, Premium, FX e Universal Channel. Está empatada com o Discovery Home & Health, mas isso não é sinal de nenhuma —atchim!— *saúde*!

SEM BOMBAR

O Multishow melhorou sua classificação de maio para cá, mas ainda tem um desempenho pequeno. Está em 19º lugar na classificação só entre canais por assinatura (sem contar nenhum aberto ou UHF). Ainda fica atrás de segmentados estrangeiros como TNT, Megapix, AXN, Home & Health, Discovery Channel, Telecine Premium etc.

VEJA TODO O RANKING

Segue abaixo o ranking completo de audiências (em pontos). Vejam bem, não é a média somente da TV aberta e não é a média somente da TV paga. É a média somada dessas duas no mês de julho. Os dados do Multishow da notinha anterior, por exemplo, são só na medição da TV paga. Afinal não seria justo medi-lo também com as TVs abertas.

IBOPE JULHO TV ABERTA + TV PAGA

1 - Globo - 16 pontos 18 - AXN - 0,17
2 - SBT - 5,19 19 - Gazeta - 0,17
3 - Record - 5,15 20 - Telecine Action - 0,17
4 - Band - 2,14 21 - Telecine Pipoca - 0,17
5 - RedeTV! - 0,71 22 - TV Aparecida - 0,17
6 - Discovery Kids - 0,63 23 - Telecine Premium - 0,16
7 - Cartoon - 0,59 24 - FX - 0,16
8 - Cultura - 0,50 25 - Universal Channel - 0,16
9 - TV Brasil (RPTV) - 0,37 26 - RecordNews - 0,16
10 - Disney Channel - 0,37 27 - Home & Health - 0,14
11 - SporTV - 0,36 28 - Rede Vida - 0,14
12 - TNT - 0,32 29 - Discovery Channel - 0,14
13 - Fox - 0,30 30 - Canção Nova - 0,13
14 - Nickleodeon - 0,27 31 - Globonews - 0,13
15 - Megapix - 0,26 32 - National Geographic - 0,12
16 - Viva - 0,20 33 - ESPN Brasil - 0,12
17 - Space - 0,19 34 - Disney XD - 0,10

PS: demais canais não presentes na lista têm ibope praticamente irrelevante


CONCURSO

A propósito, ganhará um saboroso saquinho de Jujuba® o leitor que PRIMEIRO postar no sistema de comentários abaixo, nesta sexta-feira (8), um link que revele o orçamento da União para a EBC no ano corrente de 2014. O colunista enviará a guloseima pelo correio. Só não manda por um eficiente pombo-correio porque a faminto certamente vai roubar as balinhas.

TV PAGA PRA QUE TE QUERO?

De toda a audiência na TV paga no Brasil (já são quase 19 milhões de lares, mais de 70 milhões de pessoas), 60% assistem apenas aos canais abertos (Globo, Record, SBT, Band, RedeTV!). Outros 10% assistem apenas aos canais esportivos. Outros 10% assistem somente aos canais infantis. Os restantes 20% se diluem em praticamente outros 100 canais diferentes, como os de ciência, de arte e amenidades em geral...

REPETINDO...

... o que esta coluna já afirmou meses atrás: pessoas estão gastando até centenas de reais por mês em assinaturas inúteis, mas continuam vidradas nos canais abertos (e gratuitos).

E DEPOIS...

...reclamam que o dinheirinho não dá até o fim do mês.

NOVIDADE

O canal A&E vai estrear este mês "Os Tesouros de Barry". Trata-se de um programa-filhote do reality de leilão "Quem dá Mais?", e comandado por uma das estrelas da matriz: o milionário e excêntrico Barry Weiss, 60. No programa, Barry vai usar seu talento (médio, vá, é um trapalhão) como garimpeiro de leilões para encontrar preciosidades para clientes e amigos mais ricos que ele ainda. Entre os produtos que ele consegue está um antigo carro de mais de US$ 1 milhão.

BICOS

A escolha de Barry para comandar um reality solo causou a maior ciumeira entre os demais integrantes do "Quem Dá Mais?", especialmente o fanfarrão ricaço Darrel Sheets e o grosseirão (também milionário) Dave Hester.

FALANDO EM INVEJA...

Esse mau sentimento continua intoxicando os corredores da Rede Globo. Primeiro porque alguns artistas tiram férias e não estão gostando nem um pouco que outras pessoas fiquem em seu lugar, em seus programas, durante as férias. Estão enciumados. Prefeririam que a emissora passasse repetecos (gravar programas novos extras, que é bom, necas). O outro foco invejoso é o de artistas que se queixam assim que descobrem que outras pessoas (que não elas) estão cotadas para assumir essas vagas de férias alheias. Ficam rancorosos.

AH, O AMOR!

Não deixa de ser notável o esforço de Boninho para sempre emplacar a mulher, Ana Furtado, em qualquer vaguinha que apareça —especialmente se for em seu núcleo, claro. A esposa talvez nem precise de tanto apoio marital, uma vez que é bem competente na frente das câmeras. O esforço não deixa de ser uma demonstração de amor por parte dele.

Crédito: Andre Freitas - 14.mai.11/AgNews Boninho passeia com Ana Furtado em sua Ferrari
Boninho passeia com Ana Furtado em sua Ferrari

OLHO GORDINHO

O próprio Boninho também é alvo de olhares invejosos não só por seu poder na Globo, mas principalmente quando chega ao Projac pilotando sua paupérrima Ferrari 458 (avaliada em mais de R$ 1 milhão). Os mais invejosos praguejam que o carro está "ultrapassado". Claaaaaaro. Afinal, é 2011.

MAIS INVEJA?

Na Record também tem gente querendo puxar o tapete felpudo de Reinaldo Gottino, que assumiu o lugar de Luiz Bacci no "Balanço Geral". Espalham rumores de que Gottino está indo muito mal, que é um "entertainer" forçado e coisa e tal. Tudo intriga da oposição. Gottino está indo bem e, como apresentador, parece ser bem menos forçado que o menino–de-ouro-risonho Bacci, cujo bocão é maior que o do gato Chesire (provavelmente por causa do salário nababesco que ele recebe, humpf!).

Crédito: Antônio Chahestian/Divulgação Reinaldo Gottino apresenta o "Balanço Geral", da Record
Reinaldo Gottino apresenta o "Balanço Geral", da Record

ISSO É FÁCIL DE RESOLVER

Oooooowwwwn! Agora descobrimos que a vilã Cora da novela "Império" é virgem! Tá explicado porque Marjorie Estiano gosta tanto de Jonas Brothers! Aguinaldo, põe um anel de castidade nela!

:-P´

SOOOOOOOOOBE!

Seriados infanto-juvenis

Tanto na TV aberta como na TV paga há uma oferta imensa de produções, séries e reality shows de altíssima qualidade destinados ao público infantil e juvenil. "iCarly", "Boa Sorte, Charlie", "Jessie", "Austin & Ally", "No Ritmo", "Junior Masterchef", até os dinossáuricos "Um Maluco no Pedaço" e "Chaves", do SBT. Tudo muito bacana, divertido e, principalmente, sem baixaria e sem apelação para a molecada. As notas negativas nesse setor infanto-adolescente ficam para a aberração chamada "Pequenas Misses" e a dispensável escatologia de "Chegou Honey Boo Boo!". Essa já foi até bacana, mas a criança Alana está crescendo e ficando cada vez mais chata. Como a mãe e as irmãs, aliás.

DEEEEEEEEESCE!

Perseguição de TVs a Ana Paula Arósio

Simplesmente assustador o assédio de emissoras de TV à atriz que decidiu justamente ficar longe da mídia. Record, Band e até Globo têm desrespeitado o direito da artista em ficar sozinha e não se expor. Primeiro a Record tentou atrai-la para a novela "Vitória". Como não conseguiu, fez matéria enorme sobre o "sumiço" de Ana, com direito a trilha sonora de mistério. Depois foi a vez de Luiz Bacci fazer a mesmíssima matéria na Band, com mais sensacionalismo ainda. Esta semana, até a Globo apelou de vez, reprisando entrevista dela, de anos atrás, ao "Programa do Jô". Está mais que explicado o motivo de Ana ter se isolado deste mundo: quem gostaria de viver ao lado de tanta gente mala assim?

[an error occurred while processing this directive]
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias