Ricardo Feltrin

Templo de Salomão tem fila de espera e até credencial

O Templo de Salomão, obra de mais de R$ 400 milhões da Igreja Universal, já é um sucesso de público. Inclusive de não-fiéis da igreja de Edir Macedo. A procura de visitantes tem sido tão grande que a igreja teve de criar um sistema de credenciamento e limitar o número de visitantes.

PEGUE A SENHA

Essa fila de espera de não-fiéis já tem em torno de 30 mil pessoas. E esse é o número de pessoas que reservaram o direito de visitar o templo só daqui a um mês! O templo já foi visitado por mais de 60 mil pessoas, até o momento só fiéis da igreja ou seus convidados.

SEM TURISMO

Embora a Universal esteja fazendo uma campanha dizendo que o templo não é lugar de fazer turismo, milhares de curiosos estão tentando entrar no local todos os dias. Principalmente... turistas. Se não são fiéis, são sempre barrados. Os não integrantes da Universal terão apenas do dia 22 ao dia 31 de agosto para conhecer o local. Para isso precisam se inscrever e buscar uma credencial numa igreja mais próxima. Quem for de carro também deve informar isso.

ALIÁS...

Todos são avisados que é absolutamente proibido entrar no templo com celulares ou câmeras fotográficas. Não adianta dizer que o aparelho está desligado porque não vai entrar. E não tem "chapelaria". Ou seja, com máquina não entra e pronto.

COM TURISTAS

Há caravanas sendo formadas para visitar o templo de Salomão, que reproduz fielmente a obra citada no Antigo Testamento (ou Torah judaico), não só do Brasil, mas até do exterior –inclusive de Israel. A propósito, muitos religiosos judeus andam postando críticas à construção do templo. Também há judeus favoráveis, claro. Os que são contrários criticam, entre outras coisas, o fato de a Universal estar se apoderando de muitos elementos do Judaísmo. Na semana passada, em sermão, Edir Macedo estava até vestindo quipá judaico. Parecia mais um rabino que um pastor.

NO NEWS

Curioso que nestes tempos de mais uma guerra no Oriente Médio e muitas críticas a Israel, muita entidade tente se apropriar cada vez mais de elementos da religião judaica. E isso nem é exclusividade da Universal. A Renascer usa Menorah de decoração do altar e vende até Mezuzahs –um objeto judaico de respeito, que deve ser afixado em portas de casas.

NO CASO DA UNIVERSAL...

... são cada vez mais raras pregações bíblicas com citações a Jesus e ao Novo Testamento. Eles usam quase sempre passagens e citações do Torah. Os esforços se concentram mais nas tais correntes para prosperidade (menos fé e mais dinheiro) e, mais recentemente, à suposta cura milagrosa e completa de viciados, por parte do bispo Formigoni e sua equipe.

MAIS IGREJA

A TV Ideal, do Grupo Abril, vai faturando cada vez mais por fora com a venda de horário para a Igreja Mundial, de Valdemiro Santiago. De duas horas iniciais, a Mundial já tem cerca de cinco horas diárias na TV, que se vende ao mercado como canal corporativo.

Crédito: Antonio Miotto/Fotoarena/Folhapress Vista aérea do Templo de Salomão, em São Paulo
Vista aérea do Templo de Salomão, em São Paulo

MAS QUE PETISCO!

Acaba de sair do forno (com trocadilho) uma nova campanha da Seara com Fátima Bernardes. Saem o presuntos e os salames, entram a feijoada e as linguiças. A estimativa da nova campanha é de ganhos em torno de R$ 3 milhões para a sra. Fátima.

ALIÁS...

Tem gente feliz no Projac, uma vez que Fátima, 51 anos, andou fazendo umas corridinhas básicas pelas ruas da cidade cenográfica da Globo. Em parte para fazer quadros do seu programa matinal, em parte para manter a forma mesmo. E quem viu diz que ela realmente está em ótima forma. Assim como o maridão Bonner.

FALANDO EM FORNO...

Buddy Valastro, o "Cake Boss" do canal Travel & Living, deixou o Brasil emocionado com a recepção que teve em São Paulo. Seus olhos até marejaram quando ele subiu ao palco e viu o mar de gente (quase 8.000 pessoas) que foi ao Eldorado no último domingo ver suas dicas culinárias.

BUÁÁÁÁÁ!!!

Buddy choraria mesmo é se estivesse no trânsito de São Paulo: graças à sua presença na cidade, às 18h de domingo havia quase 180 km de congestionamento na cidade –boa parte causada pelo verdadeiro "nó" que carros migrando para o shopping fizeram na marginal Pinheiros, Rebouças, Faria Lima e adjacências. A Pinheiros formou, para usar a profissão de Buddy, um verdadeiro "bolo" de carros.


KRAMER x KRAMER

A disputa Record versus SBT continua acalorada. Cada qual alardeando vitórias sobre a rival nos mais diversos horários. Em horário nobre, pelo menos, o SBT tem vencido no confronto com a nova novela da Record, "Vitória". Na média arredondada, venceu em pelo menos 24 dos 38 confrontos. Houve 7 empates. Também está ganhando no confronto com "José do Egito".

EI!

Nunca havia usado a palavra "acalorada".

Gostei :))

MENINO DE OURO E MENINO-PROBLEMA

Luiz Bacci ainda nem estreou na Band e já esta dando prejuízo à emissora. Calma. Não por seus préstimos como bom apresentador que é. O fato é que a casa está tendo de reajustar alguns salários de insatisfeitos que estariam prestes a ir embora, caso não recebessem aumento salarial. Há uma enorme ciumeira por causa do salário de Bacci, estimado entre R$ 200 mil e R$ 400 mil (se incluídos os futuros merchans).

ALÉM DISSO...

...a Band está sofrendo com o forte assédio a seus profissionais, tanto da Record como do SBT. Não tem semana em que não apareça alguém na direção com uma proposta da concorrência na mão.

TADINHA?

Para não perder essa gente, a Band está refazendo contratos, alguns com generosos bônus.

MAIS BAND

Não dá para entender o porquê de a Band tirar do ar um seriado tão legal, hilário e inteligente como "iCarly" e manter no ar uma droga como "Como eu Conheci Sua Mãe". Este seriado é uma baboseira repetitiva, cujo tema eterno do personagem de Josh Radnor (Ted) é: "Uuuuh! Porque eu quero me relacionar com uma garota!"; "Uuuuuh, porque eu não consigo!"; "Uuuuuuh, porque quando eu gosto de uma mulher ela me abandona!"

CLARO QUE ABANDONA, IDIOTA!

Experimente tirar essas galochas!

BAIXANDO A BOLINHA

Manoel Carlos fez uma profecia palatável na semana passada, no Rio. Quando questionado se "Em Família" não o havia decepcionado no ibope, o novelista foi rápido: "Claro que não! Não sei se existe público para mais de 35 pontos hoje em dia numa novela". Maneco também afirmou que não foi só sua novela que andou sofrendo corte de capítulos.

NOSTRAVAMUS

"Todas as novelas da Globo estão tendo capítulos cortados. A (novela) das 6, por exemplo, foi cortada bastante", entregou Maneco. "Meu Pedacinho de Chão" foi inteiramente gravada antes de ir ao ar, o que faz do corte de capítulos uma façanha da equipe de edição da Globo.

BICUDO

Benedito Ruy Barbosa, autor de "Pedacinho...", não gostou nem um pouco de ter sua obra citada pelo colega de emissora. Se bem que Benedito é sempre rabugentão. É quase um Emílio Surita.

Brincadeirinhaaaaaaaa!

SOOOOOOOOOBE!

Canal BIS, da Globosat

Está fantástico o cardápio do canal musical Bis, da Globosat. Os shows exibidos estão caprichados, especialmente o das bandas clássicas, como Deep Purple, AC/DC e adjacentes. O Dia do Rock foi demais! A qualidade do áudio do canal também está muito acima do que se vê (digo, ouve) por aí. O canal só tem uns problemas de qualidade quando transmite algum show nacional, mas, de forma geral, tem sido excelente. Canal que vale o pagamento da assinatura.

SOOOOOBE TAMBÉM!

"Ground Floor" and "Two Broke Girls"

Muito engraçada a nova série "Ground Floor" (ou "A Turma do Andar de Baixo", em tradução livre), exibida na Warner. Ela fala do preconceito profissional entre advogados ricaços de andares superiores e pessoal básico de andares de baixo de um mesmo prédio. Estava fazendo falta uma boa série cômica nos últimos anos. Outra delícia de assistir (não só pela atuação, mas, especialmente, pela suculência das protagonistas é a volta de "2 Broke Girls", também no Warner.

DEEEEEEEEESCE!

Malditas aranhas!

Mas que inferno essa obsessão de canais como NatGeo e Animal Planet por exibir com tanta insistência especiais sobre aranhas e outros seres peçonhentos. Parem com esses bichos asquerosos e exibam mais capítulos do "Muito Fofos", por exemplo (programa batizado em homenagem a este colunista).

:-P´

[an error occurred while processing this directive]
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias