Ricardo Feltrin

TV Câmara tem mais ibope que ESPN, Sony e GNT

O telespectador da TV paga gosta realmente de filmes de terror. Na televisão por assinatura, a TV Câmara e seus assustadores personagens têm mais audiência que canais qualificados e queridos como o Sony, a ESPN e o sofisticado GNT.

A Câmara dos Deputados (Assombrados) também supera de longe o Fox Life, a Bandnews, HBOs 1 e 2. E tem quatro vezes mais ibope que "concorrentes" como a TV Justiça.

BUUUUUUUUUUU!

Os dados inéditos são referentes somente a canais fechados no mês de março, obtidos pela coluna. Retirando da lista todos os canais abertos (mas mantendo os UHF), a medição do mês passado mostra que o desprezado público infantojuvenil é o rei e senhor da TV fechada. Dos dez canais mais vistos, quatro são da molecada. Esses canais têm mais ibope que, por exemplo, RedeTV! e Gazeta somadas.

RUMO AO ESPAÇO

A TV por assinatura no Brasil perdeu fôlego de crescimento no ano passado, mas ainda assim está em ascensão, enquanto a TV aberta tenta se reinventar. Ou, leia-se, cortar custos. Se somadas as audiências de todos os canais fechados e UHF, isso já representa quase 50% do ibope das TVs abertas sintonizadas em pacotes pagos.


FIM DO MUNDO

Para o empresário e apresentador Silvio Santos, por exemplo, o futuro da TV terá apenas telejornalismo e novelas. "Jornalismo por causa do mundo e novelas por causa do hábito dos telespectadores", afirmou na última quarta-feira no Complexo Anhanguera. "O resto vai desaparecer", profetizou Silvio.

CINQUINA

Silvio revelou ainda que seu sonho é ter um jornal diário de segunda a sexta, com uma hora de duração, apresentado cada dia por um apresentador diferente. "Mas vai ficar caro. O 'piso salarial' de cada jornalista estaria na casa do quê? De uns R$ 25 mil?", exagerou.

NÚMEROS COMPLETOS

Querem ver o ranking de ibope de todos os canais fechados, queridos leitores? Segue a listinha abaixo:

1 - DISCOVERY KIDS
2 - CARTOON NETWORK
3 - FOX
4 - DISNEY CHANNEL
5 - TNT
6 - SPORTV
7 - MEGAPIX
8 - NICKELODEON
9 - SPACE
10- FX
11 - VIVA
12 - UNIVERSAL CHANNEL
13 - DISCOVERY CHANNEL
14 - MULTISHOW
15 - GLOBONEWS
16 - HOME & HEALTH
17 - NATGEO
18 - TV BRASIL
19 - TELECINE PIPOCA
20 - DISNEY XD
21 - TELECINE ACTION
22 - THE HISTORY CHANNEL
23 - WARNER
24 - TELECINE PREMIUM
25 - AXN
26 - TV CÂMARA
27 - ESPN BRASIL
28 - SPORTV 2
29 - FOX SPORTS
30 - GLOOB
31 - SONY
32 - CINEMAX
33 - ANIMAL PLANET
34 - GNT
35 - TELECINE FUN
36 - REDE VIDA
37 - TBS
38 - INVESTIGAÇÃO DISCOVERY
39 - TLC
40 - SPORTV 3
41 - A&E
42 - TELECINE TOUCH
43 - RECORDNEWS
44 - TCM
45 - STUDIO UNIVERSAL
46 - BANDNEWS
47 - ESPN
48 - CNT
49 - HBO
50 - HBO2
51 - CANAL BRASIL
52 - RIT
53 - FOX LIFE
54 - TV APARECIDA
55 - TV JUSTIÇA

NHÉ! NHÉÉÉ! CADÊ MEU CANAL???

Se neste momento você estiver fazendo muxoxo e reclamando que seu canal preferido não apareceu na lista, que onde já se viu, onde está ele, que colunista bobão, a resposta é: seu canal preferido tem um ibope tão irrelevante, mas tããããããão irrelevante, que ele entra numa penca à parte em que não é possível fazer a medição corretamente. É tão pouca gente que vê, que torna até os dados menos confiáveis.

TÁ VENDO?

Quem mandou ter gosto tão sofisticadinho? Ou ruinzinho mesmo, né?


DEMOROU MAS CHEGOU RÁPIDO

Dois anos após sua estreia na Globo, Fátima Bernardes meio que finalmente ultrapassou Ana Maria Braga em ibope, mas ainda por apenas um pontinho: 8 pontos a 7 pontos. Não sei se comentei, mas cada ponto equivale a 65 mil residências assistindo a um determinado programa na Grande São Paulo. É contabilizado que cada residência teria mais ou menos 3,3 habitantes. O 0,3 pode ser aquele seu cunhado desempregado, que acaba de abrir a geladeira e comer a última fatia de melancia.

Brincadeirinhaaaaaaaaaa!!!!

ENCURRALADOS

Durante a gravação do troféu Imprensa na última quarta-feira, depois de dar uma bela bronca pública no menino Cirilo (Jean Paulo Campos), pelo fato dele ter trocado o SBT pela Record enquanto ele estava de férias, Silvio Santos pegou a menina Larissa Manoela para a reprimenda. "Cirilo" até que tentou argumentar. "Por que não falou comigo antes?", ralhou Silvio. "Ah, porque eu não te encontrei", gaguejou o menino. "A gente tem que fazer outras coisas,né?", tentou se justificar. "Coisa nenhuma", rebateu o dono do SBT. "Seu ingrato", brincou.

TADINHA

Depois puxou Larissa Manoela para ajoelhar no milho. "Se você for chamada pela Globo, vai embora e nem fala comigo", orientou o "patrão". "Mas, se for outro canal, aí vem falar comigo. Quem sabe eu não cubro a proposta". Larissinha ficou na defensiva. "Ahn, tá bom, combinado, tá!"


PORCENTAGENS

O SBT rebate notinha publicada aqui na semana passada e afirma que o último "Programa da Eliana" fez quatro breaks no último domingo, e não dois. E que, portanto, 12% do horário do programa foi ocupado com comerciais, e não 8% como esta coluna publicou. A emissora diz também que o "Programa Silvio Santos" tem sempre quatro breaks comerciais com dezenas de patrocinadores. Pela "regra" vigente, um programa pode ter até 25% de breaks comerciais. De qualquer forma, tanto Record como SBT têm evitado fazer breaks comerciais em programas que dão bons índices de ibope. É uma forma de "prender" o telespectador e não deixá-lo ir para outros canais. O SBT também nega que o programa de Silvio Santos tenha ficado alguma vez sem break comercial. "Temos dezenas de patrocinadores", informa a assessoria.


SOOOOOOOOOOBE

Capitais de Delito, do NatGeo

Um dos maiores sucessos atuais do canal National Geographic é o programa "Capitais do Delito", no qual o apresentador Connor Woodman mostra quais são os golpes e picaretagens aplicados contra turistas nas principais capitais do mundo todo. Batedores de carteira, vendedores de produtos de grife falsificados, ladrões de bagagem, guias turísticos picaretas, tem de tudo. Se Connor for para Brasília o endereço dos golpes pode ser certo lugar que tem, como diz o Zé Simão, "dois penicos; um virado para baixo e outro para cima". Mas aí Connor não vai dar conta, tadinho.

DEEEEEEEEEESCE

Saia Justa, do GNT

Dia desses as moças do meu querido "Saia Justa" discutiram sobre o funk carioca e paulistano de ostentação. A apresentador Astrid Fontenelle e a maioria das moças saíram em defesa dos funkeiros, e justificaram, entre outras coisas, que "não existe alta cultura e baixa cultura, que o funk é perseguido, que a crítica aos funkeiros tem viés meio elitista e coisa e tal.

PROTESTO, MERITÍSSIMO!!! Existe alta e baixa cultura, sim. Assim como existe alta e baixa costura, alta e baixa gastronomia, e estado de êxtase e dor de barriga, também existem manifestações culturais boas e simples porcarias mecânicas. Existe arte de qualidade e arte menor. Vamos dar nome aos bois? Podem espernear, mas Mozart é melhor que Anitta. Caravaggio é melhor que Romero Britto. Uma sinfonia de Mahler é melhor que o último hit do Latino (faz-me rir). Uma composição do Dream Theater é muuuuuuuuuito melhor que a coletânea do MC Gui. Mania de querer defender o indefensável. Vá ao baile funk e não me convide. Este colunista poderia ficar aqui dando exemplo por mais uns dois metros de texto, mas todos já entenderam e a coluna de hoje acabou. Passem bem. Adeus. Tchauzinho. Fui.

[an error occurred while processing this directive]
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias