Renato Kramer

'As pessoas acham que é tudo aquilo, mas não é', afirma Camila Queiroz sobre cenas sensuais de "Verdades Secretas"

"Eu perdi o sono por alguns meses", declarou no "Altas Horas" (Globo) de sábado (18) a atriz Camila Queiroz, quando soube das fortes cenas sensuais que teria que realizar como a Angel de "Verdades Secretas".

Camila, 22, conta que começou a modelar com 14 anos de idade e já de início foi trabalhar no exterior: "de Ribeirão Preto (SP) para o mundo – Nova Iorque, Japão!", contou. "Passei por quinze países, mas morar mesmo só em Nova York."

Para o Japão, Camila tinha ido para ficar por seis meses, mas ficou apenas um. "Por causa do terremoto e tsunami...Foram cinco dias terríveis! Sem comer, sem conseguir tomar banho direito por causa da radiação na água, sem conseguir nem dormir. Foi horrível", lembra.

Em tom de brincadeira, Queiroz declara que emagreceu cinco quilos em cinco dias: "Não foi tão ruim para o meu trabalho, não!". E a modelo, magérrima, acrescenta: "Eu como demais! O que eu não faço é ficar sem comer".

Lucas Cattani, belo namorado gaúcho da moça, estava na plateia e confessou não se sentir enciumado, pois diz confiar totalmente no profissionalismo de Camila e que torce muito pelo sucesso dela. E Queiroz, que confessou ter vontade de se casar com Cattani e ser mãe jovem, desmistificou um pouco as cenas mais sensuais da novela.

"A primeira cena foi muito engraçada, porque a gente foi deixando, deixando para gente se conhecer mais – porque é uma cena delicada, né?", conta Camila. "Aí, no dia, eu falei paro Mauro [Mendonça Filho, diretor]: 'Olha, eu tentei passar mal, tentei de tudo para não estar aqui, mas não deu certo! Vamos lá!'", desabafou a atriz.

E insistiu em desmontar a aura de glamour que envolve as cenas mais sensuais da novela. "As pessoas quando veem pronto acham que é tudo aquilo, mas não é. A cada pedacinho de cena daquela a gente fica uma hora parado para trocar a luz, porque a gente só tem duas câmeras – a gente está fazendo mais cinema do que novela. Então, tem um tempo e a gente fica brincando e rindo entre um pedaço e outro, não é como a gente vê pronto", reforça Camila.

Serginho Groisman chama algumas cenas no telão para desespero de Camila: "Não, pelo amor de Deus! Ai, que medo!". Sobre se já passava pela sua cabeça atuar em televisão, Queiroz declarou: "Sempre passou. Eu acho que a questão de ser modelo e atriz na cabeça da menina anda muito junto. E eu sempre fui uma criança que queria fazer de tudo na vida – até show, cover de RBD (Rebeldes), Spice Girls...".

E entrega o ouro para o bandido, quando deixa escapar: "Já cantei igual a Sandy em programas". "Gente, pelo amor de Deus, eu tinha 7 anos!". observa Camila quando percebe a intenção do apresentador de pedir que ela imite Sandy Leah ali, ao vivo. Até o final do programa, Serginho ficou tentando fazer com que a atriz incorporasse a Sandy. Não conseguiu.

Renato Kramer

Natural de Porto Alegre, Renato Kramer formou-se em Estudos Sociais pela PUC/RS. Começou a fazer teatro ainda no sul. Em São Paulo, formou-se como ator na Escola de Arte Dramática (USP). Escreveu, dirigiu e atuou em diversos espetáculos teatrais. Já assinou a coluna "Antena", na "Contigo!", e fez críticas teatrais para o "Jornal da Tarde" e para a rádio Eldorado AM. Na Folha, colaborou com a "Ilustrada" antes de se tornar colunista do site "F5"

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias