Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione

'Menino 23' ganha nova exibição nos canais History

Documentário retrata fazenda com histórico nazista, agora tombada pelo governo do Estado de SP

Tatão segura tijolo marcado com suástica nazista em fazenda
Tatão segura tijolo marcado com suástica nazista em fazenda - Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Campinas

O Governo do Estado do São Paulo publicou no Diário Oficial o tombamento da Fazenda Cruzeiro do Sul como Patrimônio Histórico e Cultural no dia 18 de março.

Localizada na região de Campina do Monte Alegre (SP), a propriedade começou a ser investigada depois que tijolos e outros objetos marcados com suásticas nazistas foram encontrados. O assunto é tema do documentário "Menino 23: Infâncias Perdidas no Brasil", exibido nesta semana nos canais History e History 2.

Segundo o decreto publicado no Rio, o lugar representa o pensamento autoritário e higienista da sociedade brasileira nos anos 1930 e 1940, e suas ideais segregacionistas.

Vencedora do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro em 2017, a produção acompanha a pesquisa do historiador Sidney Aguilar, iniciada pela descoberta dos símbolos nazistas.

A investigação chegou a informações de que, durante aos anos 1930, 50 meninos negros foram retirados de um orfanato no Rio de Janeiro e levados para a fazenda, onde foram vítimas de experimentos eugenistas.

A decisão de tombamento visa a preservar a história dos locais em nome de uma "reparação simbólica do estado acerca da exploração de mão de obra de pessoas negras no século XX", segundo texto do decreto. "A Fazenda Cruzeiro do Sul é exemplar representativo de um pensamento autoritário e higienista da sociedade brasileira das décadas de 1930 e 1940, onde se cruzaram pensamentos segregacionistas e preconceituosos comuns à época", diz o documento.

O documentário a ser revisitado pelos canais History já foi ao ar em outras ocasiões na TV, mas ganha agora nova oportunidade de tornar essa história conhecida. A direção é de Belisário Franca. O filme vai ao ar no canal History 2 nesta sexta-feira (25), às 18h30, com reexibição às 21h50 de domingo (27), no History.

Tijolo com suástica nazista encontrado em fazenda - Divulgação

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem