Aventura na cozinha

Jiló grelhado com molho de iogurte é perfeito para largar preconceito contra o vegetal

Receita vai bem com carne branca

Jiló grelhado com molho tzatziki
Jiló grelhado com molho tzatziki - Divulgação

Olá, cozinheiros! Bem-vindos a mais uma aventura na cozinha!

A coluna de hoje é uma mistura do Brasil com a Grécia! Resolvi falar (bem) do jiló, esse legume tão cultivado e consumido no Brasil, mas, ao mesmo tempo, tão odiado por seu sabor amargo. Na verdade, eu não fujo a essa regra. Passei grande parte da vida torcendo o nariz para esse alimento. Amargo demais, sem graça demais.

Até que, em um teste, resolvi grelhar o bendito em frigideira quente, com um pouco de azeite pincelado sobre as fatias. O resultado foi incrível. Nada daqueles cubos esponjosos, de consistência difícil e amargor pesado, de quando ele é cozido.

Com o jiló bem fritinho, já ficando preto em algumas partes, o amargo cede incrivelmente. Claro que ainda persiste em certa medida, e essa é a graça e a característica deste alimento. Mas o modo de preparo faz ele ficar semelhante à berinjela, hortaliça que amo absolutamente.

E, então, veio a ideia de juntar o jiló feito dessa maneira ao molho tzatziki, uma receita grega à base de iogurte e pepino. A combinação uniu amargor, acidez e certa untuosidade. Para mim, resulta em um casamento perfeito.

A dica para este preparo é tirar parte da casca do jiló. Comece pelo cabo e passe faca em toda a circunferência do vegetal, no sentido longitudinal. Depois, corte em quatro fatias. Não coloque o azeite na frigideira: pincele-o sobre as fatias. Assim, você garante que o óleo esteja em todas as partes e não seja absorvido em uma área ou outra. 

Sobre o molho, o ideal é usar iogurte do tipo grego, mais cremoso. Porém, ele não pode conter açúcar nem adoçante. Na falta dele, procure iogurte natural.

Vamos para a cozinha? Até a próxima!

 
 

JILÓ GRELHADO COM MOLHO TZATZIKI

Ingredientes

Jiló
- 500 g de jiló
- 4 col. (sopa) de azeite de oliva
- Sal e pimenta-do-reino a gosto

Molho tzatziki
- 170 g de iogurte natural
- Suco de um limão
- 1 dente de alho espremido
- 1 col. (sopa) de dill (endro, aneto) picado
- 1 col. (sopa) de orégano fresco picado
- 1 pepino japonês pequeno, ralado ou cortado em cubos pequenos
- Sal e pimenta-do-reino a gosto

Rendimento 6 porções
Dificuldade Fácil

Modo de preparo

1 - Corte parte da casca do jiló, passando a faca a partir do cabo, em toda a circunferência, no sentido longitudinal.

2- Fatie os jilós em quatro partes. Espalhe esses pedaços e pincele o azeite dos dois lados de cada um. Salpique o sal e a pimenta. 

3 - Coloque as fatias em uma frigideira bem quente, mas não todas de uma vez: preencha a superfície da frigideira em sua totalidade e, quando terminar uma leva, comece outra. Use fogo alto, mas, se perceber muita fumaça, reduza-o.

4 - Após grelhar todo o jiló, faça o molho. Para isso, misture todos os ingredientes. Sirva tudo junto.

(A)ventura na cozinha

Juliana Ventura, 35, é jornalista formada pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), pós-graduada em gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi e professora de culinária para crianças.
email: aventuranacozinha@grupofolha.com.br
Instagram: @venturanacozinha

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias