Cinema e Séries

Revelação de 'Star Trek: Picard', Isa Briones diz ter ficado nervosa ao atuar com Patrick Stweart

Atriz de 21 anos está em seu primeiro papel de destaque na TV

Isa Briones

Isa Briones na pré-estreia de 'Star Trek: Picard' Valerie Macon/AFP

São Paulo

Desde a década de 1960, o universo de Jornada nas Estrelas renova seu elenco e dá destaque a novos atores. Os veteranos William Shatner, 88, e Leonard Nimoy (1931-2015) deixaram a série para “A Nova Geração”, lançada no fim dos anos 1980 com Patrick Stweart, 89, ator que se mantém na produção e já recebe novos talentos como a inglesa Isa Briones, 21, que estrela "Star Trek: Picard". 

Os desafios para Briones não são poucos. Pela primeira vez, ela faz parte de uma grande produção e ainda interpreta duas personagens ao mesmo tempo. Com cenas de luta elaboradas e diálogos em romulano (língua fictícia da série), ela contracena diretamente com Stewart.

Se as temporadas anteriores tinham efeitos visuais pouco atraentes, a nova série excluiu as telas digitais e os atores manipulam dados dedilhando o ar, em telas imaginárias. Nem mesmo a jovem atriz se sentiu familiar com a tecnologia. "Sentia que eu fazia movimentos com as mãos no ar sem sentido algum, mas no fim, tudo está tudo encaixado e até parece que realmente sabemos o que estamos fazendo."

Briones está no centro da história desta nova temporada. Jean-Luc Picard está aposentado, trabalhando em seu vinhedo quando recebe a visita de Dajh (Isa Briones), uma jovem em desespero. Ela não entende nem o porquê, mas sabe que deveria procurar o capitão em caso de emergência. Aos poucos, a identidade da moça e a sua relação com Picard são reveladas. 

A jovem atriz deu de cara com Stewart logo no primeiro dia de gravação. “Lembro de estar extremamente nervosa porque era uma cena muito emocional. Ele simplesmente pegou na minha mão, olhou nos meus olhos e me tranquilizou. Ele é o ator mais generoso que já conheci na vida. E esse foi o espírito que se manteve ao longo de toda a gravação”, diz Briones. 

Além de interpretar Dajh, Briones vive a irmã gêmea da personagem Soji. "Elas são bastante semelhantes, mas o que eu mais gostei desta situação é que Dahj está vivendo situações extremas, é tudo muito rápido, enquanto é possível conhecer melhor quem é Soji e mergulhar nessa outra personagem”, avalia a atriz.

Com apenas 21 anos, a jovem inglesa diz que recorda de ver os episódios de "Star Trek” na TV até que recebeu a aprovação para o papel e se ver convidada a mergulhar mais fundo na saga. "Voltei, assisti quase tudo e ela se tornou a minha série favorita." 

Antes desse trabalho, Briones teve poucas aparições na TV ou no cinema. Fez uma participação em um episódio de "American Crime Story" ao lado de seu pai, o também ator Jon Jon Briones, e nos filmes “Ladrões (2010) e “Lonely Boys” (2013). 

Briones afirma que um dos maiores desafios foram os diálogos em romulano. O ator australiano Evan Evagora, que vive o romulano Elnor na série, disse em uma entrevista que eles recebiam áudios para aprender a pronúncia correta das palavras. 

A atriz, no entanto, não conseguiu receber esses arquivos a tempo e teve o dobro de trabalho para aprender. "Tive que trabalhar em cima da descrição fonética e falar sílaba por sílaba, mas logo descobri que estava falando tudo errado", diz a atriz, aos risos.

"Voltei atrás e pedi ajuda aos preparadores. É incrível conhecer as pessoas que criaram esses idiomas e entender quais outras línguas vieram as suas inspirações. Quando eles explicam isso, tudo passa a fazer sentido.”

Nas rápidas cenas de luta, Briones diz que era algo que ela já sentia preparada a fazer. "Houve uma bela equipe que nos treinou muito. Ensaiamos muito, mas eles eram bastante flexíveis e se preocuparam com o fato de estarmos confortáveis com a maneira com a qual executávamos cada movimento.”

As primeiras temporadas de "Star Trek" estão na Netflix, e a nova "Star Trek: Picard" está disponível apenas na Amazon Prime Video. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem