Cinema e Séries

Segurança é reforçada em estreia de 'Coringa' nos cinemas dos EUA

Policiais com capacetes e rifles se posicionaram do lado de fora de uma exibição

Joaquin Phoenix em cena de "Coringa"
Joaquin Phoenix em cena de "Coringa" - Divulgação
Maria Caspani Jill Serjeant
Nova York e Los Angeles

As polícias de algumas cidades dos Estados Unidos ficaram em alerta nesta quinta-feira (3) para a estreia do filme “Coringa” nas salas de cinema, após semanas de notoriedade em torno do retrato perturbador de uma solitária vítima de bullying levantarem temores de que o filme possa incentivar violência.

“Coringa”, uma história original sobre o rival do Batman nos quadrinhos, conta com Joaquin Phoenix no papel principal. Críticos de cinema definiram a performance do ator como brilhante, mas aterrorizante, à medida que ele interpreta um pária mentalmente desequilibrado que involuntariamente encontra fama através de um ato de violência.

O personagem da DC Comics é associado a um ataque a tiros em massa em 2012 em uma sala de cinema em Aurora, no Colorado, durante exibição de outro filme do Batman, “O Cavaleiro das Trevas Ressurge”. Famílias de algumas das vítimas expressaram preocupação com o novo filme e ele não será exibido nas salas de cinema da cidade.

Policiais com capacetes e rifles de assalto se posicionaram do lado de fora de uma exibição de “Coringa” no Festival de Cinema de Nova York na noite de quarta-feira, onde espectadores tiveram seus pertences vistoriados, segundo imagens.

 

As polícias de Nova York, Los Angeles e Chicago afirmaram em comunicados que, embora não tivessem percebido ameaças específicas, enviaram equipes adicionais ou estão monitorando cinemas onde o filme está sendo exibido.

O site Deadline citou uma autoridade da lei de Nova York afirmando que agentes à paisana seriam posicionados dentro de alguns cinemas na cidade. A polícia de Nova York não confirmou a notícia.

Reuters
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem