Cinema e Séries

Clássicos de Charlie Chaplin serão exibidos em sessões gratuitas no teatro de Claudia Raia

'Chaplin foi um artista ímpar, um gênio único', disse a artista

Carlitos, personagem de Charlie Chaplin
Carlitos, personagem de Charlie Chaplin - Divulgação

Lara Pires
São Paulo

O _teatral (lê-se Espaço Teatral), inaugurado em agosto por Claudia Raia e ou­tros famosos, promove aos finais de semana deste mês o Cine Chaplin, que vai exibir clássicos do cineasta e ator Charlie Chaplin (1889-1977).

Nesta sexta (14) e sábado (15) haverá sessões de "O Garoto" (1921); nas próximas sema­nas, de "Vida de Cachorro" (1918), “O Vagabundo” (1915) e “O Circo” (1928).

“Chaplin foi um artista ím­par, um gênio único. Não ti­vemos outro tão genial, tão completo, tão empreendedor”, diz Claudia Raia. “Ele foi uma referência na indús­tria cinematográfica, com seus filmes e suas ideias. A obra dele é dever de casa para quem ama cinema.”

As sessões são gratuitas e fazem parte da estratégia de Claudia para alcançar todos os bolsos. “Queremos que o _teatral seja como um portal dos sonhos, do qual as pes­soas saiam transformadas. Acho im­portante que o público co­nheça a obra de Chaplin, que emociona e nos coloca para pensar sobre a sociedade."

Entre os filmes exibidos, a artista destaca o deste final de semana, “O Garoto”. Nele, um menino abandonado por sua mãe é encontrado por Carlitos, que cuida dele. "Sou apaixonada por todo esse universo do Chaplin", conta Claudia.  

"Chaplin é um gênio. Com humor, ele trazia questões muito importantes, que mereciam reflexão. Só para citar dois exemplos: "Tempos modernos" e "O grande ditador". Sua obra é atemporal. Prova disso é que ainda hoje seus filmes sejam usados nas escolas e, mais ainda, que ele continua sendo reverenciado por toda obra impressionante que tem", explica a atriz.


PROGRAMAÇÃO

“O Garoto” (1921)
Um vagabundo encontra um bebê em uma lata de lixo e passa a cuidar dele
Sexta (14), às 16h | Sábado (15), à 0h20

Em sequência, os curtas “Vida de Cachorro” (1918) e “O Vagabundo” (1915)
No primeiro, Carlitos salva a vida de um cachorro. No segundo, o personagem lida com uma rejeição 
21 de setembro, às 16h | 22 de setembro, às 0h20

“O Circo” (1928)
As trapalhadas de um vagabundo divertem o público de um circo
28 de setembro, às 16h | 29 de setembro, à 0h20

Cine Chaplin

  • Quando Sextas, às 16h e sábados, às 00h20
  • Onde _teatral (leia-se Espaço Teatral) - (r. Coropé, 88, Pinheiros)
  • Preço grátis
  • Classificação Livre
  • Ingressos Serão distribuídos no foyer do terceiro andar do local
  • Capacidade 615 lugares
Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem