Celebridades

De Angelina Jolie a Ana Furtado: relembre as famosas que enfrentaram o câncer de mama

No mês do Outubro Rosa, veja como foi a experiência delas com a doença

A atriz Angelina Jolie durante evento em Londres
A atriz Angelina Jolie durante evento em Londres - Peter Nicholls-9.out.2019/Reuters
São Paulo

Todo dia é dia de falar de prevenção, mas anualmente a campanha Outubro Rosa chama a atenção para a conscientização para o controle do câncer de mama. A doença não escolhe credo, cor da pele, preferência sexual ou saldo bancário, toda mulher está sujeita a ter que enfrentá-la. Inclusive as celebridades.

Algumas delas já falaram publicamente sobre o assunto. E fazem questão de compartilhar suas experiências para encorajar outras mulheres a procurarem diagnóstico e tratamentos precoce.

Uma das que mais chamou a atenção foi Angelina Jolie, 45, que revelou em artigo de 2013 que passou por uma mastectomia dupla após exames que revelaram que ela tinha uma probabilidade muito alta de desenvolver câncer de mama.

"Eu queria escrever isso para dizer a outras mulheres que a decisão de fazer uma mastectomia não foi fácil. Mas estou muito feliz por ter feito isso", comentou na época.

Em 2017, a atriz Julia Louis-Dreyfus, 59, revelou que havia tido o diagnóstico de câncer de mama apenas um dia depois de vencer o Emmy de melhor atriz pela série "Veep". “Uma em cada oito mulheres tem câncer de mama. Hoje, sou eu", compartilhou.

No Brasil, Ana Furtado, 46, foi uma das que falaram abertamente sobre o tratamento. Assim como a modelo, atriz e apresentadora Fernanda Motta, 39, que tem sido uma voz ativa sobre o assunto.

Conheça outros casos de mulheres que superaram a doença na galeria de fotos.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem