Celebridades

Corpo de Arnaldo Saccomani é velado e sepultado em Embu das Artes

Produtor musical trabalhou na emissora por 16 anos e deixa duas filhas

A viúva Vera e as filhas Thaís e Júlia no velório do produtor musical Arnaldo Saccomani, que acontece na tarde desta quinta-feira (27). A apresentadora Mara Maravilha e o marido Gabriel também estiveram presentes. - AgNews
São Paulo

O corpo do produtor musical Arnaldo Saccomani, 71, foi velado e sepuldado na tarde desta quinta-feira (27) no Cemitério Memorial Parque Paulista, em Embu das Artes. Familiares e amigos próximos se despediram do produtor.​ A apresentadora Mara Maravilha esteve presente no local.

A morte de Saccomani foi confirmada nesta manhã através de sua filha, Thais Saccomani, nas redes sociais. Segundo a família, o compositor e instrumentista sofria de insuficiência renal e diabetes. Além de famosos e artistas, o SBT divulgou uma nota oficial lamentando a morte do produtor, que trabalhou na emissora por 16 anos.

"É com profundo pesar que o SBT lamenta o falecimento do produtor musical e jurado Arnaldo Saccomani, de 71 anos, vítima de insuficiência renal (...) O SBT presta solidariedade e deseja que Deus conforte sua família."

Arnaldo Saccomani estava em seu sítio, na cidade de Indaiatuba, interior de São Paulo. Ele deixa a esposa e duas filhas.

Além de produtor e compositor, Saccomani atuou como jurado em diversos realities do SBT, entre eles Ídolos, Astros e Qual é o Seu Talento?. Sua última participação na emissora foi no quadro Dez ou Mil, do Programa do Ratinho, onde participava semanalmente, mas estava afastado por conta do risco da Covid-19.

Arnaldo Saccomani também foi diretor musical da teledramaturgia da emissora de Silvio Salvos. Ele participou ativamente da trilha sonora das novelas "Carrossel", "Chiquititas", "Cúmplices de Um Resgate", "Carinha de Anjo" e "As Aventuras de Poliana".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem