Celebridades

Príncipe Harry e Meghan Markle criam nova fundação após se afastarem da realeza

Conjunto de projetos ambiciosos funcionará sob nome 'Archewell'

O príncipe Harry e a atriz Meghan Markle
O príncipe Harry e a atriz Meghan Markle - Daniel Leal-OlivasS/AFP
São Paulo

O príncipe Harry e a duquesa Meghan Markle anunciaram, na noite da última segunda-feira (6), o nome de sua nova fundação: Archewell.

O casal revelou ao jornal The Telegraph que, com a nova organização sem fins lucrativos, tem planos de administrarem grupos de apoio emocional e um "império educacional multimídia", além de lançarem um site de bem-estar.

Morando em Los Angeles, os dois afirmaram que o nome Archewell é derivado da palavra grega "arche", para designar "fonte de ação", e do nome de seu filho, Archie Mountbatten-Windsor.

O processo de registro da marca foi iniciado no dia 3 de março, e cobre itens que vão de material escolar a roupas. Segundo eles, o intuito é fazer algo importante e significativo com a organização.

"Como vocês, nosso foco está em apoiar os esforços para combater a pandemia global do Covid-19, mas, diante dessas informações que vieram à luz (o nome da fundação), nos sentimos compelidos a compartilhar a história de como isso aconteceu. Antes do SussexRoyal, surgiu a ideia de 'Arche', a palavra grega que significa 'fonte de ação'. Nós nos conectamos a esse conceito para a organização de caridade que esperávamos construir um dia, e ela se tornou a inspiração para o nome do nosso filho", disse o casal em comunicado.

FORA DA FAMÍLIA REAL

A duquesa Meghan Markle e o príncipe Harry participaram em março do último compromisso da realeza e anunciaram que buscavam um “novo papel progressivo”, baseados principalmente na América do Norte, e que será financiado por eles mesmos.

Embora Harry continue sendo príncipe, o casal decidiu não utilizar seus títulos de “sua alteza real” —e não utilizará a palavra “real” em suas marcas, embora eles tenham dito que não há jurisdição da monarquia ou do governo que os impeçam de usar a palavra no exterior.

O casal passou a maior parte do tempo no Canadá desde o surpreendente anúncio feito em janeiro. O último compromisso oficial de Meghan Markle era o de visitar a Canada House, em Londres, dias antes do anúncio. O príncipe retornou aos seus compromissos reais no final do mês passado, quando o apresentador do evento disse que as pessoas deveriam apenas “chamá-lo de Harry”.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem