Celebridades

Patrícia Abravanel diz que mulher deve transar com marido para evitar ser traída

Após fala viralizar, apresentadora se corrigiu nas redes sociais: 'É uma grande brincadeira'

Patricia Abravanel concede coletiva de imprensa para falar sobre o programa 'Topa ou Não Topa ' - Francisco Cepeda/AgNews
São Paulo

Patrícia Abravanel, 41, chocou internautas com suas declarações no Programa Silvio Santos desse domingo (1º).

Depois de falar sobre uma tatuagem no órgão genital de seu marido, Fábio Faria, a apresentadora disse que as mulheres devem fazer sexo com seus parceiros para evitarem serem traídas. 

“Mulher não pode negar fogo para o marido, senão ele vai procurar em outro lugar, tá na Bíblia”, disse Abravanel.

A declaração foi considerada machista por grande parte dos espectadores, que usaram as redes sociais para comentá-la.

Lívia Andrade, que também participava do programa, rebateu: “Se uma hora a gente não quiser, a gente não precisa mentir. A gente tem que falar a verdade: não estou a fim e pronto".

Depois da repercussão negativa, Abravanel publicou um comunicado em seu perfil no Instagram. "O Jogo dos Pontinhos é uma grande brincadeira. Óbvio que a mulher pode sim "negar fogo ao marido". Ninguém é obrigado a fazer aquilo que não quer", disse.

"Durante o programa, lembrei de um ensinamento sobre casamento e de fato achei super curioso ter isso na Bíblia. Mas, não vou falar da Bíblia, vou falar de mim. De novo: a mulher não é obrigada a fazer amor com seu marido no dia que não está bem", acrescentou.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem