Celebridades

Gisele Bündchen revela que mudanças de hábitos motivaram término com Leonardo DiCaprio

Modelo deixou cigarro, bebidas e excesso de trabalho

Gisele Bündchen durante reunião do Pacto Global pela Meio Ambiente, na sede da ONU, no EUA, em setembro de 2017 - AFP
São Paulo

A modelo Gisele Bündchen, 38, revelou que mudanças em seus hábitos de vida e uma vontade de se tornar mais saudável e consciente resultaram, também, no término do seu relacionamento com o ator Leonardo DiCaprio, 44. Eles namoraram por cinco anos, de 2000 a 2005.

Em entrevista à revista Porter, Gisele Bündchen comentou uma passagem de seu livro, "Aprendizados: Minha Caminhada para uma Vida com Mais Significado", em que afirma que parar de beber, de fumar e de trabalhar em excesso passou a deixá-la consciente de coisas que antes havia "escolhido não enxergar".

"Será que eu estava sozinha ao querer procurar um significado maior para a minha vida enquanto ele [Leonardo DiCaprio, seu namorado na época da mudança] permanecia o mesmo? No final, infelizmente, a resposta foi sim", disse a brasileira à publicação. 

No livro, Gisele Bündchen afirma que crises de pânico e pensamentos suicidas motivaram a mudança para uma vida mais saudável e tranquila —o que, na época, não foi acompanhado por Leonardo DiCaprio. 

Atualmente, a modelo, que se aposentou das passarelas em 2017, segue fazendo ensaios fotográficos e dedicando seu tempo a causas ambientais.

Mãe de dois filhos (Benjamin, 9, e Vivian, 7), Gisele Bündchen é casada com Tom Brady, 41, quarterback do Patriots —time de futebol americano que disputa neste domingo (3) o título da NFL na 53ª edição do Super Bowl.  

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias