Celebridades

Pai de Meghan Markle desliga telefone na cara de príncipe Harry e teme não ver mais a filha

Thomas Markle diz que foi banido para sempre da família real

Thomas Markle dá entrevista ao ITV's Good Morning Britain.
Thomas Markle dá entrevista ao ITV's Good Morning Britain. - Reuters
São Paulo

Thomas Markle, pai da duquesa de Sussex Meghan Markle, disse ter mentido e desligado o telefone na cara do genro, príncipe Harry, quando o mesmo ligou para perguntar sobre ele ter forjado fotos com um paparazzo. 

Após polêmica, Harry disse que Thomas deveria tê-lo ouvido sobre a imprensa, ao que Thomas teria respondido: “Talvez fosse melhor para vocês se eu estivesse morto… aí vocês poderiam fingir estarem tristes", contou Thomas em entrevista ao jornal britânico The Mail. Em seguida, o pai de Meghan teria desligado o telefone na cara do príncipe.

Em entrevista ao jornal britânico The Sun, nesta segunda-feira (13), Thomas também afirmou que não conversa com a filha desde o casamento. “Eu não espero vê-la ou ter notícias dela, e tudo bem”, disse Thomas ao jornal. Ele ainda disse que acredita que foi “banido para sempre” pela realeza britânica.

“Não tive como fazer contato com ela. O número de telefone para o qual liguei não funciona mais. O intermediário com a família real nunca retorna o contato e não há nenhum endereço para o qual eu possa escrever”, disse Thomas em vídeo no site do The Sun.

​Meghan, 37 anos, se casou com Harry, neto da rainha Elizabeth e sexto na linha sucessória ao trono britânico, em cerimônia no Castelo de Windsor em maio. Entretanto, na véspera do casamento, foi ofuscada por seu pai, que desistiu de comparecer ao evento dias antes por ter passado por uma cirurgia cardíaca. 

Reuters
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias