Celebridades

De maquiagem a música pop, canais no YouTube fazem vídeos especiais no Dia do Orgulho LGBT

Campanha #CriandoOrgulho vai se repetir em outros países nesta 5ª

O youtuber Victor Nogueira
O youtuber Victor Nogueira - Divulgação
 
Fernanda Pereira Neves
São Paulo

​Maquiagens exorbitantes, clipes icônicos e entrevistas picantes. Essas são algumas das atrações que youtuber disponibilizarão em seus canais na plataforma em comemoração ao Dia Internacional do Orgulho LGBT, celebrado nesta quinta-feira (28). 

A campanha #CriandoOrgulho foi criada em vários países, pelo próprio YouTube. No caso do Brasil, seis influenciadores digitais foram convidados a gravar seus vídeos YouTube Space Rio, falando do que eles têm orgulho. As gravações ficarão disponíveis em uma playlist no canal do YouTube Brasil.

O maquiador Victor Nogueira é um dos youtubers que produziram um vídeo especial para esta quinta. “Preparei uma maquiagem inspirada no orgulho LBGT, bem colorida e com bastante gliter. Vou começar de menino e vou me transformar em menina, com uma maquiagem bem artística. Meio que uma montagem drag”, conta. 

Na internet desde 2015, Nogueira também vai contar um pouco sobre sua trajetória, desde as maquiagens de terror mostradas no Facebook quando ainda tinha vergonha de falar nos posts até seus vídeos mais ousados, com peruca e brilho, que já chegaram a acumular mais de 8 milhões de visualizações. 

“Eu tinha muito medo de fazer vídeos me montando, no começo, de me maquiar de menina, com gliter. Não estava preparado para os comentários da internet, porque eu sabia que existia muita homofobia”, contou ao F5 ao adiantar um pouco do que preparou para esta quinta-feira. 

Nogueira, porém, não será o único a abordar maquiagem. Chloe Van Damme, do canal Drag-se, também falará sobre o tema. Participarão ainda Luci Gonçalves, que vai ter um bate-papo com a blogueira trans Thiessita; e Fernanda e Herbet, do Canal das Bee, que vão falar sobre dúvidas que as pessoas têm sobre o universo LGBTQ+.

Já Phelipe Cruz e Samir Duarte, do canal Papel Pop, fizeram uma viagem no tempo para mostrar clipes que militam, provocam e que fazem a diferença na história e na representatividade do universo LGBTQ+. Madonna, Lady Gaga, David Bowie e Queen são alguns dos grandes ícones que compõem a playlist feita pela dupla. 

Para Nogueira, a iniciativa do YouTube é importante na luta contra o preconceito. “Quanto mais a luta existir, mais conseguiremos respeito”, disse. “Mas o preconceito não acaba, ele é disfarçado. As pessoas sabem que é errado e dizem que aceitam e respeitam, mas por trás não muda nada. Dizem: ‘Aceito gay, mas não na minha casa’”. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias