Celebridades

'O empoderamento feminino quebra limites e fronteiras', diz Rihanna

Deslumbrante na capa da "Vogue" americana de abril, Rihanna falou sobre o novo  álbum, "Anti", negou a suposta rivalidade com Beyoncé e ainda dissertou sobre o empoderamento feminino.

"Sempre quis fazer tudo o que meus irmãos faziam. Queria jogar os mesmos jogos que eles jogavam, poder ser brusca, usar calças e brincar na rua", contou.

"Mulheres se sentem empoderadas quando elas podem fazer as coisas que supostamente são permitidas só para os homens. O empoderamento quebra limites e fronteiras, é libertador quando você se sente tipo 'nossa, também posso fazer aquilo'", comemorou Rihanna, que promete continuar quebrando paradigmas.

Sobre a suposta rivalidade com Beyoncé, que lançou o clipe de "Formation" no mesmo mês que seu polêmico "Work", a cantora caribenha não deu corda.

“É o seguinte: essas pessoas que criam rivalidades só se excitam com coisas negativas, coisas competitivas. Eu não levanto da cama todos os dias para fazer isso, pois só eu posso fazer o que eu faço. Ninguém mais é capaz disso", acrescentou RiRi, que foi fofografada por Mert Alas e Marcus Piggott na publicação.

 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias