Celebridades

Sabrina Sato, Preta Gil e sertanejos lamentam morte de Cristiano Araújo; veja repercussão

Uma das maiores influências musicais do sertanejo Cristiano Araújo, que morreu nesta quarta-feira (24) aos 29 anos em um acidente de carro, a dupla Bruno e Marrone lamentou a morte do músico em seu perfil oficial no Instagram. Para eles, "o Brasil perdeu um ídolo".

O cantor voltava de um show em Itumbiara (a 200 km de Goiânia) com sua namorada, Allana Coelho Pinto de Moraes, 19, quando o veículo em que eles estavam, uma Land Rover, saiu da pista na altura do km 614 da rodovia BR-153, entre as cidades de Goiatuba e Morrinhos, em Goiás, e capotou no canteiro central por volta das 3h15.

Com família de músicos, Cristiano Araújo começou a cantar aos 9 e só emplacou hit em 2011
Veja os 5 maiores sucessos de Cristiano Araújo, que morreu nesta quarta

Celebridades e outros sertanejos famosos também usaram as redes sociais para mostrar pesar pela morte do colega.

"Que notícia horrível. Que Jesus conforte o coração de todos familiares, estamos todos orando por você", postou Gusttavo Lima, no Instagram.

"Que Deus te conforte, meu irmão. Eu e minha família estamos orando por você. Difícil de acreditar nisso tudo. Putz!", escreveu o cantor Thiago Brava, na legenda de uma foto em que aparece com Cristiano.


Também na rede social, Lucas Lucco pediu proteção para os músicos, "que vivem de estrada". "Luto pelo meu irmão Cris e sua namorada, Alana. Inacreditável! Não consigo expressar a minha tristeza. Peço que Deus abençoe a todos nós que vivemos da estrada, da logística e do tempo. Peço forças para a família, amigos e fãs desse artista único. Sem palavras... Somente oração."

"O dia amanheceu muito triste com notícia da morte de Cristiano Araújo. Uma fatalidade tirou da música sertaneja um talentoso artista. Faltam palavras para descrever meu sentimento. Que Deus ampare os corações das famílias, tanto do Cristiano como da namorada, Allana Moraes, e de todos os fãs", disse Paula Fernandes.

Sabrina Sato, que conhecia o cantor, contou que seu maior prazer era "por o pé na estrada". "Foi numa dessas estradas da vida que Cristiano pegou um atalho e foi mostrar seu talento no céu. A Terra ficou pequena para tanto sucesso. Vai, querido Cristiano, vai em paz, tua missão aqui já foi cumprida. Vamos sentir saudades de ti, mas vai tranquilo, os 'efeitos' de tua passagem pela Terra serão eternos."

Preta Gil disse que tinha com Cristiano muitos amigos em comum. "Não os conhecia pessoalmente, mas nem por isso deixo de sentir. Cristiano era amigo de muitos amigos meus, amado e querido por todos. Meus sentimentos aos familiares, amigos e fãs dele e de Allana, muito triste. Que papai do céu conforte a todos"

No Facebook, Sula Miranda, disse que esse é "um dia triste" para a música sertaneja no Brasil e Alinne Rosa afirmou estar "em estado de choque".

"Que o Senhor receba você, Cris, e a Allana no caminho da luz, conforte sua família tão querida e unida. Não dá para acreditar ainda. Meu Deus! A estrada é rotina na vida de nós, artistas, e quando um amigo se vai dessa forma, é impossível não repensar a nossa própria existência aqui. Cris, vai com Deus, amigo querido. Sua presença, através da sua voz, vai ficar pra sempre com a gente", escreveu a cantora.

"Que a espiritualidade possa acolher esse jovem cantor, alma boa e carismática, de forma especial Força para a família dele e da namorada. Descanse em paz companheiro", disse Victor, da dupla Victor e Léo.

"Nosso irmãozinho. Quanta tristeza! Vá com Deus, menino de ouro", publicou a dupla Jorge e Mateus.

Leonardo, que ajudou Cristiano no início da carreira, mandou carinho aos pais do amigo, João Reis e Zenaide. "Menino talentoso demais, de uma bondade indescritível. Difícil de acreditar. Como driblar essa dor enorme, meu Deus?"

Pelo Twitter, Michel Teló, Zézé di Camargo e Luciano, Thaeme, da dupla Thaeme e Thiago, a cantora Tania Mara, Angélica, MC Biel, a banda Jota Quest e o casal Fernanda Souza e Thiaguinho também lamentaram a morte do sertanejo.










CARREIRA

Cristiano se dizia um "cantor por natureza". Sua família tinha músicos em quatro gerações, desde seus bisavós.

Natural de Goiás, ele ganhou dos pais seu primeiro violão aos seis anos. Aos nove, fez suas primeiras apresentações em público, em festas e pequenos festivais.

Só em 2011, ficou conhecido nacionalmente ao emplacar o hit "Efeitos" do CD homônimo, que teve participações de sertanejos já consagrados como Jorge, da dupla Jorge e Mateus, Gusttavo Lima, Humberto e Ronaldo.

Depois, o cantor passou a fazer em média 20 shows por mês. Em 2012, lançou o segundo DVD, "Ao Vivo em Goiânia", e fez sucesso com a regravação do hit "Bará berê" e com a música "Você mudou", uma versão sertaneja de "Making love out of nothing at all", do Air Supply.

Depois do acidente, o cantor chegou a ser socorrido e levado em estado grave para o Hospital Municipal de Morrinhos, onde recebeu os primeiros atendimentos.

Ele foi transferido de helicóptero para Goiânia, mas chegou ao Hospital de Urgência com morte encefálica. Cristiano deixa dois filhos, João Gabriel e Bernardo.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias