Celebridades

Com família de músicos, Cristiano Araújo começou a cantar aos 9 e só emplacou hit em 2011

O sertanejo Cristiano Araújo, que morreu nesta quarta-feira (24) aos 29 anos em um acidente de carro, se dizia um "cantor por natureza". Sua família tinha músicos em quatro gerações, desde seus bisavós.

Natural de Goiás, ele ganhou dos pais seu primeiro violão aos seis anos. Aos nove, fez suas primeiras apresentações em público, em festas e pequenos festivais.

O primeiro CD, com cinco músicas, saiu quatro anos depois. Mas, só em 2011, Cristiano ficou conhecido nacionalmente ao emplacar o hit "Efeitos" do CD homônimo, que teve participações de sertanejos já consagrados como Jorge, da dupla Jorge & Mateus, Gusttavo Lima, Humberto e Ronaldo.

'O Brasil perde um ídolo', dizem Bruno e Marrone sobre morte de Cristiano Araújo; veja repercussão
Veja os 5 maiores sucessos de Cristiano Araújo, que morreu nesta quarta


Depois, o cantor passou a fazer em média 20 shows por mês. Em 2012, lançou o segundo DVD, "Ao Vivo em Goiânia", e fez sucesso com a regravação do hit "Bará berê" e com a música "Você mudou", uma versão sertaneja de "Making love out of nothing at all", do Air Supply.

Cristiano voltava de um show em Itumbiara (a 200 km de Goiânia) com sua namorada, quando o veículo em que eles estavam, uma Land Rover, saiu da pista e capotou por volta das 3h. O acidente aconteceu na rodovia BR-153, entre as cidades de Goiatuba e Morrinhos, em Goiás, e também matou Allana Coelho Pinto de Moraes, 19.

O cantor chegou a ser socorrido e levado em estado grave para o Hospital Municipal de Morrinhos, onde recebeu os primeiros atendimentos.

Depois ele foi transferido de helicóptero para Goiânia, mas chegou ao Hospital de Urgência com morte encefálica. Cristiano deixa dois filhos, João Gabriel e Bernardo.


Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias