Celebridades

'Kelly Key se tornou um estilo', diz cantora sobre auge da carreira

Prestes a lançar um novo disco após cinco anos de "férias", a cantora Kelly Key lembrou o auge da carreira —época de seu maior sucesso "Baba" e do romance com Latino— em entrevista no programa "De Frente com Gabi" (SBT).

Para a loira, suas canções lançaram um novo "estilo" no começo dos anos 2000. "Kelly Key virou um estilo. Essas músicas de duplo sentido, mais alegres, molecas."

Por outro lado, a fama repentina e em excesso lhe tirou a liberdade, ela disse. "O tempo vai passando e eu vou achando que tudo foi precoce."

Sobre o relacionamento com Latino, com quem começou a namorar aos 13 anos (ele tinha 23), a cantora contou que se sentia "insegura".

"Tinha idas e vindas, era muito nova. Nunca falei disso porque não quis. Hoje posso falar porque não me abala", afirmou.

Repaginada, Kelly diz ter 90% da agenda ocupada por apresentações em boates voltadas ao público gay e aposta hoje no ritmo kizomba, gênero musical e de dança criado na Angola —país de seu atual marido, o técnico de futebol Mico Freitas. "Lá tenho a mesma popularidade que aqui [no Brasil]", disse.

O programa vai ao ar neste domingo (1º), às 0h.

Crédito: Carol Soares/Divulgação/SBT Kelly Key é entrevistada do programa "De Frente com Gabi"
Kelly Key é entrevistada do programa "De Frente com Gabi"

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem