Celebridades

Famosos homenageiam cartunistas franceses no Globo de Ouro

Helen Mirren, 69, homenageou os cartunistas do jornal francês "Charlie Hebdo", mortos essa semana em um atentado terrorista em Paris.

A atriz apareceu no Globo de Ouro, neste domingo (11), com uma caneta presa ao vestido em forma de broche e um cartaz dizendo "Je suis Charlie".

A frase tem sido usada por internautas para manifestar apoio aos cartunistas e defesa da liberdade de imprensa.

George Clooney e a mulher, Amal, também apareceram com botons pretos com a frase escrita em branco. Clooney usou o boton no paletó, enquanto Amal colocou na bolsa.

Kathy Bates também mostrou seu apoio ao Charlie Hebdo, mostrando a frase em seu celular.

Durante a transmissão do evento, Jared Leto repetiu o bordão ao subir ao palco para entregar um prêmio. Depois, ao receber o prêmio pelo conjunto da obra, Clooney voltou a citar as marchas em Paris.

Mas foi Theo Kingma, presidente da Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood, que concede o prêmio, que foi aplaudido de pé ao dizer que "Juntos, nós ficaremos unidos contra qualquer um que reprima nosso discurso em qualquer lugar, da Coreia do Norte a Paris".

Confira aqui todos os vencedores do Globo de Ouro.


Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias