Celebridades

'O Rio me faz lembrar da minha Odessa', diz Lola Melnick, capa da 'Playboy'

Depois de viajar por vários cantos do mundo, Lola Melnick acabou no Morro do Vidigal, no Rio, para fazer parte do ensaio para a edição de dezembro da revista "Playboy", e gostou da experiência.

"Observando a vista do Vidigal, eu me emocionei até as lágrimas. O Rio me faz lembrar muito a minha Odessa", confessou a loira de 32 anos, que nasceu na cidade ucraniana, às margens do Mar Negro, na época em que o local pertencia a União Soviética.

Outra parte do ensaio, assinado pelo fotógrafo Gerard Giaume, aconteceu na paradisíaca praia de Joatinga

"Eu não fiz nada posado, apenas senti o momento. Meu ensaio foi uma dança, um esporte. Faço tudo com intensidade e isso se transmite em minha movimentação", conta Lola, conhecida por ter sido uma das queridinhas de Silvio Santos e ter passado pelos programas "Domingo Legal", "Se Ela Dança, Eu Danço", "Cante se Puder" e "Famoso Quem?", todos no SBT.

Lola rejeita o rótulo de símbolo sexual. "Toda mulher tem um grau de sensualidade. Uma pose se converte em sensual, mas é o charme que a faz brilhar."

Apesar da família russa, Lola saiu cedo de casa. Levada pela dança, sua paixão, viveu na França, Chile, Argentina e Brasil, mas diz que não perdeu sua identidade. "Minha raiz russa está muito presente, mas também faz parte de mim o romantismo poético da França, a paixão com tango na veia da Argentina, o sutil enigma do Chile e a alegria e amor pela vida que encontrei no Brasil."


Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias