Publicidade

'O Rio me faz lembrar da minha Odessa', diz Lola Melnick, capa da 'Playboy'

08/12/2014 - 21h53

Publicidade

DE SÃO PAULO

Depois de viajar por vários cantos do mundo, Lola Melnick acabou no Morro do Vidigal, no Rio, para fazer parte do ensaio para a edição de dezembro da revista "Playboy", e gostou da experiência.

"Observando a vista do Vidigal, eu me emocionei até as lágrimas. O Rio me faz lembrar muito a minha Odessa", confessou a loira de 32 anos, que nasceu na cidade ucraniana, às margens do Mar Negro, na época em que o local pertencia a União Soviética.

Outra parte do ensaio, assinado pelo fotógrafo Gerard Giaume, aconteceu na paradisíaca praia de Joatinga

"Eu não fiz nada posado, apenas senti o momento. Meu ensaio foi uma dança, um esporte. Faço tudo com intensidade e isso se transmite em minha movimentação", conta Lola, conhecida por ter sido uma das queridinhas de Silvio Santos e ter passado pelos programas "Domingo Legal", "Se Ela Dança, Eu Danço", "Cante se Puder" e "Famoso Quem?", todos no SBT.

Lola rejeita o rótulo de símbolo sexual. "Toda mulher tem um grau de sensualidade. Uma pose se converte em sensual, mas é o charme que a faz brilhar."

Apesar da família russa, Lola saiu cedo de casa. Levada pela dança, sua paixão, viveu na França, Chile, Argentina e Brasil, mas diz que não perdeu sua identidade. "Minha raiz russa está muito presente, mas também faz parte de mim o romantismo poético da França, a paixão com tango na veia da Argentina, o sutil enigma do Chile e a alegria e amor pela vida que encontrei no Brasil."

  • Últimas notícias 
  •  

Publicidade

Publicidade

gostou? leia também

  •  

Publicidade

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha