Celebridades

Ator Shia LaBeouf diz ter sido estuprado durante performance

O ator americano Shia LaBeouf afirmou em entrevista à revista "Dazed" ter sido estuprado durante sua performance #IAMSORRY, em fevereiro deste ano.

Na exibição, em uma galeria de Nova York, o público podia ficar só em uma sala com o ator, que usava um saco de papel com a inscrição "I AM NOT FAMOUS ANYMORE" (não sou mais famoso) na cabeça.

Por email, LaBeouf descreveu o incidente como doloroso: "Uma mulher que entrou com o namorado, que estava fora quando isso aconteceu, açoitou minhas pernas durante dez minutos, tirou minha roupa e me estuprou... Centenas de pessoas estavam na fila quando ela saiu, com os cabelos desarrumados e o batom borrado. Não foi nada bom, nem para mim, nem para o namorado dela".

Crédito: Lucas Jackson/Reuters O ator americano Shia LaBeouf
O ator americano Shia LaBeouf

Segundo ele, o incidente aconteceu no dia dos namorados, que é comemorado nos EUA em 14 de fevereiro. "Ainda por cima, minha garota estava na fila para me ver, porque era dia dos namorados e eu estava morando na galeria durante o evento —estávamos separados há cinco dias, sem comunicação. Então realmente a machucou, já que eu acho que a notícia do que aconteceu se espalhou pela fila. Quando ela entrou, me pediu uma explicação e eu não podia falar, então ficamos os dois sentados em silêncio com esse trauma inexplicado. Foi doloroso".

No Twitter, muitas pessoas questionaram a validade da declaração do ator. O jornalista Piers Morgan, ex-editor do "News of the World", disse, em sua conta na rede social, que o relato de LaBeouf "diminui vítimas de estupro real" e questionou por que a mulher não havia sido detida.

Colaboradores artísticos do ator na exposição responderam às críticas no Twitter. O artista britânico Luke Morgan escreveu que "não estava claro a princípio o que tinha acontecido e a prioridade era assegurar a segurança de todo mundo na galeria. Ela correu, não simplesmente foi embora. Além do mais, não cabe a mim comentar".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias