Celebridades

Marlene Mattos se associa a escola que ensina modos de princesa a meninas

Ex-empresária da apresentadora Xuxa e atual gerente de novos produtos da dupla de palhaços Patati e Patatá, Marlene Mattos se associou à Escola de Princesas de Uberlândia (556 km de Belo Horizonte).

Local criado há um ano com o objetivo de oferecer cursos de etiqueta, equilíbrio emocional, reputação, organização de quarto e guarda-roupas, além de higiene pessoal, economia doméstica e corte e costura, entre outros, a escola da cidade mineira atende meninas de quatro a 15 anos, em cursos de uma semana a três meses.

De acordo com a empresária, seu objetivo é somar experiência para profissionalizar o negócio e lançar grupo musical, seriado para TV e, também, oferecer cursos de idiomas e teatro, entre outros.

"Trabalho há 26 anos com crianças e adolescentes. É a minha maior vocação. A ideia me encantou", disse ela, que afirmou não assistir mais TV aberta. "Todo mundo fala e faz a mesma coisa."

Crédito: Editoria de Arte/Folhapress Clique e veja o infográfico interativo sobre a escola de princesas

O surgimento da escola provocou reações em redes sociais, com críticas sobre o culto à ostentação, à maneira como as meninas têm de se comportar e à suposta submissão da mulher.

"Nós não inventamos a vaidade e o consumo. Não existe nada mais velho e nada mais novo do que uma menina sonhar em ser princesa", disse Marlene, que passou por Globo, Band e SBT, além da extinta Manchete.

Entre outras funções no projeto, ela prevê levar a Uberlândia profissionais de grandes centros das áreas de comportamento, estilo e atualidades, para ensinar às alunas mais do que dicas de beleza.

"Quero despertar o maior potencial de cada uma. No futuro, elas poderão se tornar ministras, escritoras ou advogadas, mas sempre precisarão saber se arrumar, usar os talheres e, principalmente, acreditar em seus sonhos", disse a empresária.

A Escola de Princesas, criada pela empresária Nathália de Mesquita, recebeu durante o primeiro ano de funcionamento 700 alunas. Ela disse ter planejado o empreendimento por oito meses e, por ser inédito, registrou e patenteou o projeto.

Crédito: Edson Silva - 27.jul.2013/Folhapress As alunas Caroline, Giovanna, Gabriela de Paula e Gabriela Araújo no quarto das princesas da escola mineira
As alunas Caroline, Giovanna, Gabriela de Paula e Gabriela Araújo no quarto das princesas da escola mineira

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias