Celebridades

Justin Bieber é acusado de roubar cartão de crédito para aumentar o pênis

Caro leitor, se você estranhou o título da reportagem e acha que tem alguma pegadinha, leia este texto até o final.

Um homem que se diz pai de Selena Gomez abriu um processo bizarro contra o namorado dela, Justin Bieber, em uma corte do Michigan, nos Estados Unidos.

Segundo o texto obtido pelo site "TMZ", ele acusa o cantor de trair a moça com Kesha, Rihanna e Penélope Cruz, além de ter engravidado Selena em um tapete de urso que fica em seu quarto e de estar devendo a ele o dinheiro do aborto (alegados US$ 426,78).

A denúncia diz ainda que Bieber roubou seu cartão de crédito, com o qual comprou cocaína e um aparelho para aumentar o pênis.

Para completar, o homem afirma que o cantor Usher (que não tem nada a ver com a história) foi a sua casa no dia 4 de julho e que o sodomizou com um fogo de artifício enquanto cantava a música "Firework", de Katy Perry.

Ele conclui a denúncia dizendo que está "emocionalmente abalado", mas que os Estados Unidos devem boicotar as músicas de Justin Bieber.


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem