Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Bichos

Calcinha Preta diz que pomba em show foi 'surpresa por parte de fã'

Banda afirma que animal não se feriu e foi socorrido por um espectador

Trio em frente a uma parede cinza
Daniel Diau, Silvânia Aquino e Bell Oliver, integrantes da banda Calcinha Preta - Instagram/silvaniaaquino
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A banda Calcinha Preta veio a público se justificar após receber críticas por soltar uma pomba durante um show e a ave cair no público. A apresentação aconteceu em Salvador, na Bahia, e o animal foi solto em homenagem à cantora Paulinha Abelha, que faleceu em fevereiro deste ano, após ser internada com problemas renais.

O registro do momento repercutiu nas redes sociais, porém a banda afirma que a iniciativa não partiu dos membros da equipe e que o animal não se feriu e foi socorrido por um espectador. "Esclarecemos que houve uma surpresa por parte de um fã. Os fatos ocorreram sem o prévio conhecimento dos integrantes e da produção da banda", diz o texto, compartilhado nos Stories do perfil oficial da banda no Instagram.

"Há um momento de homenagem, em que fãs são convidados para subir ao palco e dançar a música 'Babydoll'. Embora saibamos que a atitude do fã tenha sido bem-intencionada, com intuito de homenagear a cantora Paulinha Abelha, enfatizamos que tal iniciativa não partiu da equipe e que não compactuamos com maus tratos dos animais", explica ainda a nota.

Luísa Mell, 43, ativista pelos direitos dos animais, criticou a atitude da banda. "Inacreditável. Inaceitável. Deixem os animais em paz. Um completo absurdo. Pombos são animais de hábitos diurnos. Pombos também se machucam. Pombos sentem dor. Pombos não têm que participar destas palhaçadas que humanos inventam. E o povo está achando engraçado", escreveu em seu Instagram.

PAULINHA ABELHA

A vocalista da banda faleceu aos 43 anos em fevereiro de 2021 e deixou o marido Clebinho Santos. Ela se tornou vocalista do Calcinha Preta em 1998. Ela deixou o grupo duas vezes para tentar voos solos, mas sempre retornou. Desde 2018 que ela estava de forma fixa no comando do Calcinha Preta, onde atualmente também cantam Daniel Diau, Silvânia Aquino e Bell Oliver.

Natural do município de Simão Dias, no interior de Sergipe, ela estreou profissionalmente na banda Panela de Barro, onde cantava com Diau. Ela passou pela G.D.Ó. do Forró, ao lado de Marlus Viana (por sua vez também ex-Calcinha Preta), com quem foi casada, e também já formou uma dupla com Silvânia.

Com o Calcinha Preta, a cantora teve seu maior reconhecimento. Ela participou de diversas gravações da banda, que lançou a música "Paulinha" em sua homenagem.

O último trabalhou foi o DVD em comemoração aos 25 anos do Calcinha Preta, em fevereiro de 2020. A banda vinha retomando as apresentações após a pausa imposta pela pandemia. No último dia 8 de fevereiro, pouco antes de sua internação, a cantora deu entrevista ao podcast Podpah, em São Paulo.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem