Bichos

Refugiado, gato iraquiano se perde, vai parar na Alemanha e reecontra família na Noruega

Kunkush é mais um dos que deixaram o Iraque em busca de uma vida melhor na Europa. Com sua família (uma matriarca e suas cinco filhas), viajou pela Turquia até chegar à Grécia, onde seus caminhos se separaram.

Seria mais uma história de refúgio, não fosse o protagonista um gato. O animalzinho de estimação pulou de uma cesta em Lesbos em novembro e fugiu apavorado. A família procurou por ele, mas precisou seguir viagem, deixando-o para trás.

Segundo a revista americana “People”, Kunkush foi encontrado, mas três dias depois. Ele estava sendo atacado por gatos de rua até ser reconhecido por moradores, que lembraram da família que perdeu seu companheiro.

Voluntários resgataram o felino, que foi examinado, identificado com um microchip e rebatizado com o nome Dias, grego para Júpiter. Ele foi enviado para uma família substituta na Alemanha, enquanto seus heróis buscavam sua verdadeira família.

Para tal, criaram uma página no Facebook e uma campanha de financiamento coletivo para bancar as despesas do animal. Eles conseguiram localizar os donos, agora residentes da Noruega.

Kunkush viajou mais de 3.000 km, mas finalmente está em casa.

Kunkush
Kunkush viajou cerca de 3.000 km para encontrar sua família - Reprodução/Facebook

 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias