Bichos

Primeiro 'dog café' dos Estados Unidos será em Los Angeles

Em 2015, o primeiro "dog café" do Ocidente poderá ser aberto em Los Angeles, na Califórnia. O conceito é o mesmo dos "cat cafés", já populares na Europa e nos Estados Unidos —um local para tomar café e brincar com os bichinhos, sejam gatos ou cachorros.

O projeto é de Sarah Wolfgang, que já trabalhou em abrigos de animais nos Estados Unidos e na Coréia. Assim como o Cat Town Cafe & Adoption Center, também na Califórnia, o estabelecimento será um local para a adoção de animais, além de servir café.

"A missão do 'Dog Café' é simples. Queremos dar uma segunda chance para animais de abrigos que geralmente são esquecidos. O 'Dog Café' vai mudar o jeito que as pessoas adotam animais e reinventar como nós nos relacionamos com cachorros abandonados", disse a futura fundadora ao "LA Weekly".

"É para todos. Queremos que as pessoas venham e façam carinho em nossos bichinhos mesmo se não quiserem adotar", completou Wolfgang.


O "dog café" terá algumas restrições por causa das normas de higiene locais, que exigem que a área dos cachorros seja separada de onde se serve comida.

Mesmo que o cliente tome café e não passe para brincar com os cachorros, irá ajudar os animais, já que os grãos do café que será servido virão de um fornecedor que doa 20% de seus lucros para um abrigo de animais.

O projeto ainda está angariando fundos via "crowdfunding" para ser concretizado, em uma campanha no site IndieGoGo. O objetivo é captar U$ 200 mil para investir no local.

Veja abaixo vídeo de um "dog café" na Coreia.


Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias