Bichos

Suécia estuda fazer lei contra o abuso sexual de animais

Um projeto de lei que prevê penas contra pessoas que abusem sexualmente de animais deve ser votado nos próximos meses na Suécia.

A informação é do jornal "Dagens Nyheter", reproduzido pela ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais).

Segundo a publicação, é difícil dizer quantas pessoas praticam a zoofilia no país.

"Quem pratica tal ato não o faz abertamente", explicou ao jornal o chefe em exercício do Conselho de Bem-Estar Animal, Karin Ahl.

Pelas leis atuais, os cidadãos suecos podem ser punidos apenas no caso de o abuso implicar dano ao animal.

"Há exemplos em que se provou, por meio de exame de DNA, que uma pessoa fez sexo com um cavalo, mas o caso não foi considerado crueldade animal, de modo que não houve o que se julgar", disse Eva Eriksson, investigadora do governo sueco.

Caso o projeto de lei vingue e não tenha seu cronograma alterado, ele deve entrar em vigor a partir de 2014.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias