Você viu?

Semana teve Lenhador da Federal, frase de Wagner Moura sobre Moro e piada de Fátima sobre casamento; veja TOP 5

Nos últimos dias, o Brasil conheceu a sua mais nova celebridade: trata-se do Lenhador da Federal, como o policial Lucas Valença ficou conhecido nas redes sociais.

Tudo porque ele chamou a atenção dos internautas ao participar da operação que prendeu o ex-deputado Eduardo Cunha, em Brasília.

Por causa do seu porte musculoso, barba vasta e cabelo preso em um coque, os usuários da web quiseram saber quem ele era. E rapidamente os perfis de Valença no Facebook e no Instagram, foram encontrados.

Não foi só com a prisão de Cunha que a Lava Jato bombou. Wagner Moura negou que tenha recusado viver o juiz Sergio Moro em uma série da Netflix sobre a operação por "não interpretar mau-caráter".

E, falando em prisão, Fátima Bernardes levou a internet à loucura ao fazer uma piada comparando o casamento à vida atrás das grades.

A semana ainda teve o pedido de desculpas de Fábio Porchat a Rita Cadillac e Anne  Hathaway revelando que precisou fingir felicidade ao ganhar o Oscar. Confira o TOP 5:


5 - atuando

Nem todos os artistas ficam felizes ao ganhar o Oscar. Foi o que aconteceu com Anne Hathaway, em 2013, ao ser premiada com a estatueta de melhor atriz coadjuvante pelo filme "Os Miseráveis".

Ela disse ter ficado tão abalada por interpretar a personagem Fantine, uma mulher que precisa virar prostituta para cuidar da filha, que não tinha se recuperado até o momento da premiação. LEIA MAIS



4 - sem perder o rebolado

"Quase 30 anos depois da morte de Chacrinha, a mais famosa das chacretes está de volta ao noticiário. A bem da verdade, ela nunca saiu. Ao longo dessas décadas, Rita Cadillac sempre encontrou uma maneira de se manter em evidência", escreveu Tony Goes, colunista do "F5".

A polêmica sobre Rita começou no "Programa do Porchat", quando ela abandonou as gravações da atração dizendo ter sido humilhada por uma piada do apresentador.

Depois, Porchat promoveu um pedido de desculpas em seu programa, e a ex-chacrete voltou para aceitá-lo. Tudo terminou bem. LEIA MAIS



3 - tudo fake

Wagner Moura negou ter dito que não viveria o juiz Sergio Moro em uma série dirigida por José Padilha para a Netflix porque "não interpreta mau-caráter".

A frase, uma piada feita pelo humorista Rafinha Bastos, acabou repercutindo em diversas redes sociais, e muitos usuários acharam que era verdadeira.

Moura, que viveu Pablo Escobar em "Narcos", também negou ter recebido qualquer convite para interpretar Moro. LEIA MAIS

2 - atrás das grades

Fátima Bernardes pegou os telespectadores de surpresa ao fazer uma piada sobre casamento no "Encontro", programa que ela apresenta todas as manhãs na Globo.

Alguns meses após anunciar que está se separando de William Bonner, Fátima comparou a união a uma prisão. Em seguida, disse que se tratava de uma brincadeira. A frase, porém, rapidamente repercutiu na internet. LEIA MAIS

1 - lenhador da Federal

Eduardo Cunha foi preso pela Polícia Federal, mas todas as atenções da quarta-feira (19) se voltaram para um policial musculoso, com barba clara e vasta usando o cabelo preso em um coque.

Antes de ter a identidade revelada —o nome dele é Lucas Valença—, diversos apelidos começaram a surgir na internet, como "lenhador da Federal" e "hipster da Federal".

Alguns usuários das redes sociais logo descobriram o perfil dele no Instagram e no Facebook, onde ele se declarou eleitor de Aécio e sugeriu que a vitória de Dilma Rousseff, em 2014, tinha sido fraudada. LEIA MAIS


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem