Televisão

Paolla Oliveira faz vilã mimada e cômica em nova novela das 18h, 'Além do Tempo'

Cinco meses após virar meme e fantasia de carnaval como a prostituta Danny Bond de "Felizes para Sempre?", Paolla Oliveira volta ao passado para encarnar a vilã mimada Melissa de "Além do Tempo", nova novela das 18h.

A atriz se considera sortuda por poder interpretar tipos tão diferentes em um curto espaço de tempo e vê o novo papel como uma renovação.

"Acho que eu tenho sorte. Eu busco também personagens que sejam diferentes, se não a gente acaba não só se repetindo, mas se acomodando. Sou inquieta e trago essa inquietude para minha profissão. Ela é uma vilã, mas chega a ser engraçada. E, junto com a mãe e o irmão, a gente brinca que é uma quadrilha, uma família de trambiqueiros. E, por ser de época, distancia de um personagem tão forte tanto e em outro contexto", conta Paolla.

Na trama de Elizabeth Jhin, que se passa na fictícia cidade gaúcha de Campobello, no século XIX, Melissa é filha de Dorotéia (Julia Lemmertz), uma mulher de origem nobre, porém falida. Para manter a pose e a recuperar a fortuna perdida, ela faz de tudo para se casar com o conde Felipe (Rafael Cardoso), que, por sua vez, ama a noviça Lívia (Alinne Moraes). Será a segunda vilã de Paolla Oliveira no horário das 18h, mas ela garante que são perfis bem diferentes.

<> Galeria de Imagens
17540
Matéria importada do Spiffy News

"Em 'Cama de Gato' (2009) fiz uma vilã, mas a Melissa é mais pueril, mais juvenil, mais mimada do que qualquer coisa. Ela, de certa forma, ama o Felipe, mas ela não se dá conta de que forma de amor é essa. Talvez esse seja o carma dela. Será que ela tá certa, será que isso é amor e não é? Aquilo não é o amor, mas para a Melissa é", adianta.

A atriz brinca que não espera que Melissa seja odiada pelos telespectadores das 18h, que, na trama atual, "Sete Vidas", não têm um vilão no sentido clássico para odiar.

"Tem muita gente para ser odiada, quero mais que eles se divirtam. Mais do que ódio, que eles achem ela uma louca. Se eles quiserem odiar um pouquinho, mas eles vão ter outras pessoas para odiar na novela também", torce Paolla.

Mais ou menos na metade da trama, "Além do Tempo" terá uma passagem de tempo que trará os personagens para os dias atuais. Todos voltarão com os mesmos nomes e sofrerão mudanças de visuais, mas carregarão o "carma" bom ou ruim do que fizeram em suas encarnações passadas. Por enquanto, Paolla Oliveira ainda não sabe como será a Melissa contemporânea nem qual será o carma que ela irá expiar, já que a sinopse está aberta a mudanças, mas adianta que ela deve voltar bem parecida com a primeira versão.

"Acredito que ela volta com personalidade, sem paciência, e casada com o mesmo marido, com o mesmo filho, mas as relações é que vão mudar", aposta a atriz.

"Além do Tempo" estreia no dia 13 de julho.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias