Televisão

'É bom ter com quem contar no elenco, porque nem tudo são flores', diz Bruna Marquezine

Bruna Marquezine, 19, se prepara para viver mais uma mocinha na televisão.

A atriz será Marizete, de "I Love Paraisópolis", a próxima novela das 19h, que estreia nesta segunda-feira (11).

"A Mari é uma mocinha diferente das outras que eu já fiz. É uma menina que aprendeu a ser forte com a vida. Ela não teve uma vida fácil, começou a trabalhar muito cedo", adianta Bruna, que fará par romântico com Maurício Destri, o "mauricinho" Benjamin.

Nos bastidores, Bruna afirma ter ficado muito amiga do ator e de Tatá Werneck, que interpreta Dandara, sua irmã de criação na trama. Os três passaram 21 dias em Nova York gravando cenas da primeira fase da novela.

"O Maurício foi um presente, amo ele de paixão. Ele me surpreendeu muito, é muito dedicado e um super parceiro. É bom ter com quem cortar no elenco, porque nem tudo são flores. Chega a hora em que a gente está cansado, que tem algum problema, e precisa ter com quem contar", desabafou Bruna, que em seguida elogiou todos os outros colegas de elenco: Tatá, Caio Castro, Maria Casadevall.

<> Galeria de Imagens
34587
Matéria importada do Spiffy News

Questionada sobre ser tratada como referência pelos colegas, por causa da longa experiência em TV, Bruna foi humilde: "Eles são todos loucos", brincou. "Não ensino nada para ninguém, é tudo uma troca".

PARAISÓPOLIS

Bruna já viveu uma jovem favelada em "Salve Jorge" (Globo), mas é a primeira vez que retrata o universo de uma favela paulistana na TV.

"A comunidade de São Paulo é muito diferente da comunidade do Rio. É um universo que eu não conhecia. Fomos muito bem recebidos lá e isso deu ainda mais gás pra fazer a novela. Dá vontade de fazer da melhor maneira possível, pra representar bem essa galera", conta. "Vou ficar muito feliz se um dia eu for pra lá e alguém me disser que se identificou com a minha Mari"

Apesar de nascida em classe social bem diferente, Bruna afirma se identificar com Mari num aspecto: as duas começaram a trabalhar muito cedo. Ela, por ser atriz mirim, e Marizete pela necessidade.

"Ela começou a trabalhar aos 13 anos, e eu também trabalhei desde cedo. Isso acaba trazendo uma maturidade muito maior. Ela, como eu, não tem medo de ir à luta. E nós duas somos muito leais à família e às coisas que amamos".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias