Publicidade

Diretor diz que Record não tem competência e que copiou Globo ao criar "Domingo da Gente"

28/11/2013 - 17h36

Publicidade

COLABORAÇÃO PARA O "F5"

A semelhança entre o "Domingo da Gente", da Record, e o "Sai do Chão", novo programa apresentado por artistas que a Globo vai lançar, foi alvo de críticas do diretor de núcleo da emissora carioca, Luiz Gleiser, nesta quarta-feira (27).

Ambas as atrações revezam artistas como apresentadores.

"Eu não acredito em rodízio quando se trata da Record. Quando começamos a convidar nossos artistas, eles perceberam e tentaram copiar mal uma ideia bem bacana", comentou Gleiser. "Mas eles não têm competência pra isso, nem elenco", avaliou.

O "Sai do Chão" terá seis episódios na temporada de estreia, sendo que um artista diferente será responsável por comandá-lo a cada domingo, assim como acontece com o "Domingo da Gente", que estreou na Record no dia 10 de novembro com Adriane Galisteu.

"A gente vai tranquilamente tocar o nosso barquinho e eles que toquem o barquinho deles e sejam felizes", afirmou Gleiser.

Antônio Chahestian/Record/Divulgação/TV Globo
Adriane Galisteu na gravação do piloto de "Domingo da Gente" e o diretor da Globo Luiz Gleiser
Adriane Galisteu na gravação do piloto de "Domingo da Gente" e o diretor da Globo Luiz Gleiser
  • Últimas notícias 
  •  

Publicidade

Publicidade

gostou? leia também

  •  

Publicidade

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha