Publicidade

humanos

Notre Dame de Paris exibe réplica do Cristo Redentor

29/08/2012 - 18h59

Publicidade

DA BBC BRASIL

Uma réplica do Cristo Redentor está sendo exibida a partir desta quarta-feira na entrada da catedral Notre Dame de Paris. Uma exposição também contará a história do famoso monumento carioca.

O evento faz parte das festividades dos 80 anos do Cristo Redentor, completados em 12 de outubro do ano passado.

A réplica exibida em Paris - com 3,8 metros de altura por três metros de largura - também integra os preparativos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que ocorrerá no Rio de Janeiro entre os dias 23 e 28 de julho de 2013.

O maior cartão postal do Brasil foi escolhido pelo governo e a arquidiocese do Rio de Janeiro como "embaixador" desse grande evento internacional da igreja Católica, que deverá atrair mais de 2 milhões de jovens.

O objetivo da exposição, intitulada "Cristo Redentor para Todos", é divulgar o nome da cidade em todos os continentes.

Divulgação
Igreja Notre Dame de Paris exibe réplica do Cristo Redentor
Igreja Notre Dame de Paris exibe réplica do Cristo Redentor

Paris é a segunda etapa internacional do evento, após a apresentação no Vaticano, em abril. A capital francesa encerra a etapa europeia da exposição.

Em setembro, ela será realizada em Toronto, no Canadá, e em Tóquio, no Japão. A última etapa é Maputo, em Moçambique, no dia 10 de outubro.

As réplicas do Cristo Redentor, realizadas pelo artista plástico Odilon Lima e por artesãos das escolas de samba do Rio, serão doadas às cidades visitadas.

A arquidiocese de Paris receberá a estátua do Cristo que será exibida na Notre Dame até a sexta-feira.

Após a celebração de uma missa na tarde desta quarta-feira na catedral parisiense, a escultura recebeu uma benção do bispo auxiliar de Paris, em uma cerimônia que contou com a presença de autoridades religiosas francesas e brasileiras.

Além da exibição da réplica, a exposição "Cristo Redentor para Todos" apresenta um documentário sobre a concepção do monumento.

A obra, inaugurada em 1931, também teve a participação de um escultor francês, Paul Landowski, que realizou maquetes e partes da escultura.

Em 2007, o Cristo Redentor foi eleito uma das sete maravilhas do mundo moderno.

  • Últimas notícias 
  •  

gostou? leia também

  •  

Publicidade

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha