Fofices

Menina que nasceu sem mãos vence concurso de caligrafia nos EUA

Selo BBC Brasil

Uma estudante de sete anos que nasceu sem as duas mãos venceu um concurso nacional de caligrafia nos Estados Unidos.

Natural da cidade de Chesapeake, no Estado americano da Virgínia, Anaya Ellick não usa próteses. Para escrever, apoia o lápis entre os braços.

Tracy Cox, diretora da escola onde Anaya estuda, descreveu a menina como uma "inspiração".

"Ela não deixa que nada atrapalhe seus objetivos", disse Cox. "Anaya é uma menina perseverante e tem a melhor caligrafia da classe", acrescentou.

Ao derrotar outros 50 concorrentes, Anaya levou para casa o prêmio na categoria "necessidades especiais" do National Handwriting Contest (Concurso Nacional de Caligrafia, em tradução livre).

A categoria premia estudantes com algum tipo de deficiência física ou cognitiva.

Em entrevista à rede de TV americana ABC, Kathleen Wright, responsável pelo concurso, disse que a caligrafia de Anaya era comparável à de "alguém com mãos".

Segundo os organizadores, cada vencedor vai embolsar US$ 1 mil (R$ 3,5 mil).

Anaya Ellick, vencedora de concurso de caligrafia nos EUA
Anaya Ellick, garotinha que nasceu sem as mãos, vence concurso de caligrafia nos EUA - Reprodução/Twitter

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias