Estilo

Roupa tem impacto emocional, diz idealizadora do 'Fashion Weekend Plus Size' 

Erramos: esse conteúdo foi alterado

A passarela com modelos de 1,80 m e 50 kg nunca foi representativa para a maioria das mulheres brasileiras. Pensando nisso, a blogueira Renata Poskus, 35, organiza, a 16ª edição do Fashion Weekend Plus Size, que acontece no próximo domingo (27), no Centro de Convenções Frei Caneca.

Diferente da São Paulo Fashion Week, que também começa neste domingo, um evento de moda voltado para a alta costura, a Fashion Weekend Plus Size traz para a passarela grifes nacionais plus size de moda íntima, street, masculina e feminina, um mercado que deve crescer 8,2% este ano. O evento acontece duas vezes ao ano, para divulgar as coleções de verão e inverno.

"Se você tem um estilo, tem que fazer valer e não ter vergonha de assumir. Eu tenho o direito de assumir qualquer estilo, ser a gordinha piriguete, funkeira ou roqueira. Hoje o gordo tem direito a ter uma identidade", diz Renata, idealizadora do evento.

Renata, que também é autora do blog "Mulherão", conta que suas leitoras sempre pediam por referências de marcas que trabalhassem com manequins maiores. Assim, a empreendedora decidiu unir o útil ao agradável e fazer uma ponte entre marcas, lojistas e consumidores."As pessoas querem se sentir representadas", diz ela. 

A IDEIA

"Eu esperava ter um corpo magro para ser feliz. Meus primeiros 27 anos foram voltados para isso. Depois aconteceu aquele 'clique', e eu decidi que ia tentar ser feliz como eu sou", conta a empresária.

O "clique" que Renata se refere é o "Dia de Modelo Plus Size", organizado em 2009 por ela e suas seguidoras, com sessões de foto para exaltar a beleza das mulheres. Depois de um relacionamento problemático, a blogueira queria provar para si mesma que era linda —independente de qualquer aspecto físico.

No ano seguinte, devido a tantos pedidos de referência de moda, Renata teve a ideia de organizar a feira Plus Size, no final de semana que acontecia a São Paulo Fashion Week. Em 2017, na 16ª edição da feira, serão 13 marcas na passarela e 14 no salão de negócios. 

Além dos desfiles, o evento também terá palestras, talks e debates a respeito de moda e saúde. "As pessoas se preocupam com a saúde física do gordo, não com a saúde psicológica. A roupa impacta, sim, na saúde; mas é na saúde emocional."

ERRAMOS: O conteúdo desta página foi alterado para refletir o abaixo

O evento acontece desde 2010 e está em sua 16ª edição. No entanto, ocorrem duas edições por ano, para divulgar as coleções de primavera/verão e outono/inverno.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem