Celebridades

'Quando tiver uns 90 anos, vou publicar tudo que eu nunca publiquei, diz Leo Dias 

Tão famoso quanto as celebridades que cobre, o jornalista Leo Dias diz que não divulga tudo o que sabe sobre o mundo dos famosos. 

"Publico só 60% do que eu sei. Quando tiver uns 90 anos vou publicar tudo que eu nunca publiquei", afirma o colunista do jornal "O Dia" e apresentador do programa "Fofocalizando", do SBT. 

Em entrevista a Danili Gentili, que comando o "The Noite" no SBT, Dias também dá alguns "detalhes" sobre sua relação com fontes. "Quem me contou do fim do relacionamento do Neymar com a Bruna foi uma artista. Então se ela pedir para dar uma nota do disco dela, que não está vendendo nada, vou ter que dar", diz. 

Além de Dias, participam do programa, que vai ao ar esta quinta (28), Bruno Chateaubriand e Valesca  Popozuda. Entre outros assuntos, o trio fala sobre o "The Bate Boca", programa de rádio semanal da Mix, emissora do Rio de janeiro (RJ). 

Amigos, Chateaubriand detalha como conheceu e se aproximou de Dias. "Eu falei: 'gente, eu odeio esse cara, mas a gente tem que se aproximar do capeta'. Passou um tempo o convidei para passar o réveillon na minha casa. Mas depois que o conheci, vi que ele é do bem até. Eu sei todos os segredos dele, então ele não brinca comigo."

"Tem um preço muito alto dizer que é meu amigo, andar do meu lado. Porque acham que a pessoa vai passar informação para mim", completa Dias. 

VALESCA 

Já Valesca parece não se importar com "fofocas". Eu entendo, é o trabalho deles. Quando escolhemos essa profissão colocamos a cara na chuva. Ele [Dias] ou qualquer outro jornalista tem que vender a matéria."

Solteira, a funkeria garante que tem lá seus peguetes —"mas não preciso ficar esfregando na cara de ninguém."

A Gentili, Valesca também revelou seus momentos de tiete com a cantora Anitta. "Eu não sou amiga dela, mas não me incomodo com ela. Já parei ela e falei para fazermos uma foto."

Sobre projetos futuros, a artista ainda conta da possibilida de fazer novela. "Eu fiz o teste, sim, mas não é uma coisa pra agora." 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem