Celebridades

Brigitte Bardot critica o papa por falta de misericórdia pelos animais

"Nem uma só vez mostrou a misericórdia que esperávamos de você em relação aos animais". A atriz francesa Brigitte Bardot fez uma crítica contundente ao papa Francisco em uma carta enviada este mês, da qual a AFP obteve uma cópia nesta quinta-feira.

"Você aborda a miséria humana favorecendo estranhamente a migração muçulmana em detrimento dos cristãos do Oriente Médio, mas mais miserável que o destino destes seres humanos é o dos animais que não se beneficiam de nenhum apoio e são um mundo infinito de dores sem voz", escreve Bardot na carta.

Na encíclica "Laudato si", no entanto, publicada em 2015, o papa celebra a dignidade das espécies e defende a "rejeição a qualquer domínio despótico e irresponsável do ser humano sobre as outras criaturas".

Bardot, que ressalta que suas duas cartas anteriores ficaram sem resposta, acredita que a terceira "chegará ao coração" daquele que leva o nome do santo dos animais.

A atriz, que completa 83 anos nesta quinta (28), se tornou uma grande ativista da causa animal há quase 40 anos.


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem