Celebridades

Bruno de Luca é condenado a pagar R$ 15 mil por agressão a recepcionista

O ator e apresentador Bruno de Luca
O ator e apresentador Bruno de Luca - Marcus Leoni-22.jun.2017/Folhapress


O ator Bruno de Luca, 35, terá que desembolsar R$ 15 mil por ter agredido física e verbalmente o recepcionista de um hotel em Florianópolis (SC). O episódio aconteceu em novembro de 2009, e agora a 1ª Câmara Civil do Tribunal de Justiça de Santa Catarina não só manteve a condenação da primeira instância como aumentou o valor da indenização por danos morais, inicialmente fixada em R$ 10 mil.

Segundo o tribunal, Bruno chegou ao hotel por volta das 5 horas da manhã, acompanhado de amigos. Outros hóspedes se incomodaram com o som alto e o barulho no apartamento do grupo e fizeram uma reclamação na portaria. O funcionário pediu que eles reduzissem a algazarra, mas não foi atendido.

Quando soube que o caso seria registrado no livro de hóspedes, o ator, acompanhado de uma amiga, foi até a recepção. De acordo com a nota, os dois estavam "bastante alterados e aparentemente alcoolizados" e "acabaram por agredir física e verbalmente o recepcionista e seu colega".

Relator da apelação, o desembargador Raulino Brüning considerou que as provas audiovisuais e os depoimentos das testemunhas que presenciaram a cena comprovaram que as agressões não foram recíprocas, como alegou Bruno em sua defesa. 

"O estado de etilidade do réu pode até explicar seu comportamento, mas não justifica sua conduta. A ninguém é dado embriagar-se e, neste estado de desorientação psiconeurossomática, fazer o que bem entende", afirmou o magistrado.


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem