Celebridades

Preta Gil diz ter conversado com Doria para desfilar no carnaval de SP apenas em 2018

A agenda de carnaval de Preta Gil começou nesta semana e se estenderá até o dia 5 de março. Fora do trajeto da cantora está São Paulo, onde ela pretende estrear seu bloco, há oito anos desfilando no Rio, apenas em 2018. 

Preta negou que tenha desistido da capital paulista por conta da decisão de João Dória de cobrar uma taxa de R$ 240 mil de trios de fora do Estado.

"Eu e o prefeito nos falamos sempre. Existe uma vontade mútua de que isso aconteça, mas em nenhum momento a gente falou disso para este ano, até porque é tudo muito recente, tanto a entrada dele quanto a minha vontade de trazer o bloco para a cidade."

Os ensaios do bloco na capital têm sido um sucesso, diz. "São Paulo é uma alegria na minha vida, é uma força grande mesmo. Meus fãs pedem muito que eu venha, mas desde sempre combinados que seria em 2018."

Carioca de nascença e com sangue baiano, ela afirma que seus esforços estiveram concentrados no Rio e em Salvador —em ambas cidades o trio percorre as ruas sem cordão. 

"O Bloco da Preta, onde quer que ele vá, vai sem corda. É um bloco do povão, para a massa. Quero um carnaval da diversidade, da inclusão, é no que eu acredito."

Homenagem à amiga Ivete 

Preta vai desfilar pela escola Grande Rio, cujo samba-enredo homenageia a cantora Ivete Sangalo.

Durante evento da marca de preservativos Olla em SP, na quarta (15), ela contou que aparecerá em um "carro simples". "Não posso dar muitos detalhes, mas vou lá prestigiar minha amiga, minha irmã."



Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem