Celebridades

Dez anos do colapso de Britney Spears: relembre os momentos mais polêmicos

Nesta sexta (17), uma década se completa desde o episódio mais nebuloso da carreira de Britney Spears. Neste dia, dez anos atrás, corria o mundo a notícia de que a cantora havia entrado em um salão de beleza e raspado a cabeça.

Tudo fotografado por dezenas de paparazzi que a perseguiam incansavelmente. As imagens de Britney ficando careca marcaram um colapso que quase encerrou a carreira da intitulada "princesinha do pop".


O "colapso de Britney Spears", como ficou conhecido o período, durou cerca de dois anos. Desde então ela retomou a carreira, zelou pela saúde física e mental e mostra ser "mãe coruja" nas redes sociais — seus filhos, Sean Preston e Jayden James, estão com 11 e 10 anos, respectivamente. Britney está atualmente em um show fixo em Las Vegas, o "Britney: Piece of Me", com ingressos concorridos. 

Mas aquele período ruim ficou registrado; relembre aqui os momentos mais polêmicos:

Britney Spears na fase atual: show fixo em Las Vegas
Britney Spears na fase atual: show fixo em Las Vegas - Reprodução

Sob pressão

No início de novembro de 2006, Britney terminou o casamento de dois anos com o dançarino Kevin Federline, com quem teve seus dois filhos. Entre brigas judiciais pela guarda das crianças e divisão de patrimônio, a cantora, então prestes a completar 25 anos, foi aproveitar a vida de solteira em festas nas cidades de Los Angeles e Las Vegas, muitas vezes na companhia da milionária Paris Hilton. Entre uma bebedeira e outra, Britney chegou a ser fotografada sem calcinha.

Desmaiada

Britney já entrou em 2007 com o pé esquerdo. Na festa de ano novo, no clube noturno do hotel Caesar's Palace, em Las Vegas, ela exagerou na bebedeira, desmaiou e precisou ser carregada. Dias depois, admitiu estar passando por um "momento ruim".

Careca

Imagens de Britney careca chocaram seus fãs. A cantora se deixou fotografar enquanto raspava a cabeça em um salão de beleza de Los Angeles. Depois, tatuou lábios vermelhos no pulso. Anos depois, Sam Lutfi, o ex-empresário da cantora, afirmou em depoimento judicial que ela raspou a cabeça porque temia que seus cabelos fossem usados em exames de drogas.

Britney Spears raspou a cabeça em fevereiro de 2007
Britney Spears raspou a cabeça em fevereiro de 2007 - Reprodução/DailyNews

Furiosa


Poucos dias depois, em 21 de fevereiro, a cantora parou para abastecer o carro em um posto de combustível. Enquanto era fotografada por um grupo de paparazzi, ficou furiosa e os atacou com um guarda-chuva. As imagens, mais uma vez, rodaram o mundo. 

Britney Spears durante um ataque de fúria
Britney Spears durante um ataque de fúria - Reprodução/DailyNews

Reabilitação


Nas semanas seguintes foram várias internações em clínicas de reabilitação e desintoxicação por conta do uso de drogas. Um tabloide norte-americano chegou a publicar que, na clínica, ela teria tentado suicídio e afirmado ser o anticristo.

Filhos

Em outubro, Britney perdeu a guarda dos filhos para o ex-marido. Em meio a tantos problemas pessoais, lançou um novo álbum, "Blackout", sucesso imediato de críticas e vendas.

Vexame

Para divulgar o disco, Britney abriu o MTV Video Music Awards. A apresentação foi ridicularizada: a cantora apareceu fora de forma e sem energia.

Fundo do poço

Logo nos primeiros dias de 2008, Britney se negou a entregar os filhos para o segurança de Kevin Federline, ao final de uma visita. Acabou sendo internada à força em um hospital psiquiátrico e perdendo o direito de ver os filhos. Um mês depois, foi novamente internada

Tutela

O caso rendeu ao pai de Britney, Jamie Spears, a tutela dos negócios, patrimônio e assuntos pessoais da filha.

Volta por cima

Em setembro, Britney se destacou no Video Music Awards, faturando três prêmios. Em dezembro, lançou outro disco, "Circus", que marcava o início de sua retomada. Logo depois, iniciou uma batalha judicial contra seu ex-empresário, Sam Lutfi. A família da cantora o acusava de drogar Britney e tramar controlar os ganhos dela. Ele, por sua vez, exigia participação nos lucros que Britney obteve entre 2007 e 2008.





Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem