Celebridades

'Machismo está em todos os setores e precisa ser combatido', diz Angelina Jolie

Angelina Jolie, 40, disse que o "machismo está em todos os setores e precisa ser combatido", em uma entrevista ao "New York Times" na última quarta (4).

A atriz foi a primeira mulher a dirigir o marido, o astro Brad Pitt, 51, no longa "À Beira-Mar", protagonizado pelo casal.

"Sou a primeira diretora mulher com quem Brad já trabalhou. Isso não parece certo se pensarmos a respeito", destaca.

<> Galeria de Imagens
16626
Matéria importada do Spiffy News

"Mas eu tento não focar no negativo, e sim no lado positivo do que podemos trazer", disse. "Quero apoiar outras mulheres pelas oportunidades que eu tive —e eu tive muitas oportunidades".

"O que eu tento como diretora mulher é fazer o melhor trabalho que eu puder e paralelamente trazer atenção para outras diretoras e roteiristas mulheres", afirma.

"Neste momento estou produzindo 'O Chefe de Família', uma animação sobre o Afeganistão. Nora Twomey é a diretora", conta.

A atriz participou da pré-estreia de "À Beira-Mar" na última quinta (5), em Los Angeles (EUA), na abertura do festival internacional AFI.

O longa é o primeiro filme protagonizado pelo casal depois da ação "Sr. e Sra. Smith", de 2005.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias